Aguarde...

Colunistas

O que é realmente importante para dar entrada na aposentadoria

Conseguir saber com antecedência qual será o período correto de se aposentar pode proporcionar tempo para organizar documentações

| ACidadeON/Ribeirao

Advogado e empreendedor social Hilário Bocchi (Foto: Divulgação)

Um grande erro do trabalhador é pensar só só precisa organizar a documentação da situação previdenciária momentos antes de dar entrada no pedido da aposentadoria. Isso está errado! Muitos requisitos para se obter o que chamo de "a melhor aposentadoria" pode e deve ser organizado anos antes de dar entrada neste procedimento. E afirmo, em muitos casos, deixar para a hora da aposentadoria fica tarde demais.

Por isso, o trabalhador precisa organizar - e com antecedência - tudo o que vai precisar para aproveitar todas as experiências e anos trabalhados em favor de obter a melhor renda de aposentadoria. Uma dica: criei um site autoxplicativo e totalmente gratuito para o trabalhador poder fazer os cálculos de tempo de serviço e saber quanto ainda falta para poder se aposentar. Acesse: www.tempodeservico.com.br

Com o resultado desta contagem de tempo de serviço é possível fazer uma projeção e definir quanto tempo falta para aposentadoria. Como são várias as espécies de benefícios - por idade, tempo de contribuição, especial, de professor, dentre outras - o tempo apurado nesta simulação vai servir para se ter uma ideia de quando cada um desses benefícios vai ser conquistado.

Quando tiver certeza de quais são os benefícios que podem ser conquistados, o trabalhador terá que saber qual é o valor médio das contribuições que fez.

O cálculo é feito com base nas contribuições desde julho/1994 até a data da aposentadoria. Quem tem direito adquirido à aposentadoria até 12/11/2019 (data da Reforma da Previdência) poderá excluir 20% das menores contribuições.

Nesta hora pode-se descobrir que algumas contribuições não foram feitas ou foram feitas com valor errado. Tudo pode ser corrigido e quanto mais cedo isso for feito, menos problemas o trabalhador terá na hora da aposentadoria.

Cumpridas todas essas fases: levantamento de todos os contratos de trabalho, de todas as contribuições e dos períodos informais que podem ser recuperados, bem como sabendo todas as informações de quanto tempo já contribuiu, quando vai se aposentar e qual é o valor médio das contribuições, o trabalhador pode mesclar todas essas informações e fazer as combinações de qual aposentadoria é mais vantajosa. 

Quando parece que tudo está terminado, é agora que começará o planejamento previdenciário para definir como cada um vai contribuir até chegar a hora da aposentadoria.

Mais do ACidade ON