Aguarde...

cotidiano

Pesquisa em Ribeirão aponta que 40% das empresas já demitiram

Levantamento realizado pela ACIRP com empresas associadas mostrou que 39,5% já precisou dispensar efetivo desde o início da quarentena

| ACidadeON/Ribeirao

Calçadão de Ribeirão Preto (Foto: Weber Sian / ACidade On)

Pesquisa feita Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp) nos dias 14 e 15 de maio revela que, em pouco mais de 50 dias de quarentena provocada pela pandemia do Covid-19, 39,5% das empresas consultadas tiveram que demitir. 

O levantamento revela uma alta prevalência das demissões de mais de 30 funcionários: 25,6%. Outras medidas extremas, como a redução da jornada de trabalho e de salários, também têm sido adotadas em larga escala. 

Um dos motivos para o número alto de demissões é, sobretudo, a falta de acesso a empréstimos para folha de pagamento e capital de giro. Como mostra a pesquisa, dentre as empresas que procuraram instituições financeira para obter linhas de crédito, 58,2% tiveram a solicitação negada. 

O estudo leva em conta pedidos de financiamento para folha de pagamento, capital de giro, investimento para adequar a operação, entre outros. 

As empresas consultadas são, em sua maioria, do setor de serviços (46,2%) e comércio (42,8%), com predominância (57,1%) de atividades não-essenciais. 

A pesquisa foi realizada pelo Núcleo de Competitividade da Acirp e considerou 306 respostas obtidas via formulário on-line enviado aos associados da entidade (clique aqui para ver a pesquisa inteira).

Mais do ACidade ON