Aguarde...

cotidiano

Prefeitura de Ribeirão procura moradora de rua com covid-19

Mulher teria recebido o resultado positivo na última quarta-feira (13) e deixado a UPA depois disso; Ela não foi encontrada pelos agentes do município

| ACidadeON/Ribeirao

.
 

A Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social, procura uma moradora de rua que foi diagnosticada com covid-19 na semana passada e pode não estar cumprindo as medidas de isolamento necessárias.  

Nesta segunda-feira (18), o município confirmou, por meio de nota, que duas pessoas sem endereço fixo testaram positivo para a doença, mas apenas uma está sendo monitorada na Casa de Passagem.  

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) diz que a mulher em questão, que não teve o nome divulgado, procurou atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Treze de Maio, no dia 10, com dores de cabeça e falta de ar. A confirmação saiu na última quarta-feira (13).  

A falta de acolhimento, no entanto, teria causado o rompimento da quarentena. "Foi disponibilizado para o casal [paciente e o marido dela] dois leitos de pernoite, mas, por conta da demora, eles acabaram retornando para a Praça da Catedral", diz o advogado Ricardo Sobral.

O representante da OAB afirma, ainda, que a Prefeitura de Ribeirão deve oferecer tratamento completo aos moradores de rua, a fim de cumprir os diretores deles enquanto cidadãos e evitar que se tornem um agente transmissor da doença.  


Outro lado  

Em nota, a prefeitura ressaltou que oferece acolhimento às pessoas em situação de rua na Casa de Passagem e, para ampliar esse atendimento, fez uma parceria com a Secretaria de Esportes para expandir o acolhimento também na Cava do Bosque.  

"Caso algum munícipe perceba uma pessoa com sintomas de gripe, a orientação é entrar em contato com o Fale Assistência Social, por meio dos telefones 161 e 0800 77 30 161, para informar a localização", completou, via assessoria de imprensa.

Mais do ACidade ON