cotidiano

Especial Coronavirus

Mesmo com restrições, Ribeirão mantém retorno das aulas presenciais

Aulas presenciais na rede municipal de Ribeirão Preto serão retomadas no próximo dia 3 de fevereiro

| ACidadeON/Ribeirao -

Rede municipal teve apenas um mês com aulas 100% presenciais em 2021 (Foto: Guilherme Sircili / CCS)
 
A secretaria da Educação de Ribeirão Preto informou nesta sexta-feira (14) que mesmo com a retomada de algumas restrições para contenção do novo coronavírus (covid-19), está mantida a previsão de retorno das aulas presenciais na rede municipal.  

A medida também já havia sido anunciada pelo governo estadual na última quarta-feira (12), que também confirmou o retorno de 100% dos alunos nas redes estadual e privada de ensino - leia mais aqui.  

Segundo a secretaria da Educação de Ribeirão Preto, o ano letivo na rede municipal está previsto para começar no dia 3 de fevereiro, sem alteração prevista até o momento.  

Restrições
 
Com o aumento de casos de covid-19 e o avanço da variante Ômicron, a Prefeitura de Ribeirão Preto e o Governo de São Paulo se posicionaram nesta semana para a volta de algumas restrições aplicadas nas épocas de quarentena em 2020 e 2021.  

Em Ribeirão Preto, as restrições, neste primeiro momento, são para eventos e casas noturnas. Os eventos ficam limitados a 700 pessoas e as casas noturnas devem trabalhar com a metade da capacidade descrita no alvará.  

Veja abaixo um resumo das regras que entraram em vigor nesta semana em Ribeirão Preto e também as medidas que o Governo de São Paulo anunciou.  

O que disse a Prefeitura de Ribeirão Preto:  

- É obrigatório o uso de máscara em espaços abertos e fechados por tempo indeterminado  

- Comércio e serviços podem funcionar normalmente, seguindo as regras sanitárias  

- Desejável o distanciamento mínimo de um metro nos atendimentos de modo geral  

- Comércios e serviços precisam disponibilizar álcool em gel  

- Atendimento em bares e restaurantes deve ser feito preferencialmente com clientes sentados  

- Eventos devem ter no máximo 700 pessoas, contando organizadores e público  

- Todos os eventos necessitam de autorização prévia da Fiscalização Geral  

- Para entrar em eventos, é obrigatório o ciclo vacinal completo  

- Para pessoas com uma dose ou o público que não tem vacina disponível (crianças), é obrigatório a realização do teste PCR 48 horas antes do evento ou do teste antígeno 24 horas antes.  

- Jogos de futebol profissional podem receber público de até 70% da capacidade do estádio  

- Casas noturnas, espaços com pista de dança e similares podem funcionar, mas com a capacidade reduzida a 50%


Mais notícias


Publicidade