cotidiano

Especial Coronavirus

Mortes por covid-19 em janeiro aumentam 280% em Ribeirão Preto

Ribeirão Preto já tem o maior número de casos de covid-19 desde junho de 2021; 8,7 mil pessoas foram diagnosticadas com a doença

| ACidadeON/Ribeirao -

Imagem: ACidade ON
 
O boletim epidemiológico de Ribeirão Preto confirmou, nesta sexta-feira (21), 16 mortes relacionadas ao novo coronavírus (covid-19) nos últimos sete dias.   

Em 2022, a pandemia já fez 19 vítimas fatais na cidade. O número de óbitos ocasionados pela doença é 280% maior do que na comparação com o mês de dezembro, quando cinco pessoas morreram.  

De acordo com o boletim, as mortes registradas nesta sexta-feira aconteceram entre os dias 13 e 20 de janeiro. As vítimas tinham idades entre 34 e 104 anos, sendo 10 mulheres e seis homens.  

Segundo a secretaria da Saúde, 14 pessoas sofriam de outras doenças, além da covid-19, como doença cardiovascular crônica, doença hematológica, imunodepressão, doença neurológica, asma, obesidade, hipertensão, hipotiroidismo, diabetes, doença renal e doença pulmonar.  

Uma mulher de 87 anos não sofria de comorbidades. A pasta ainda investiga a situação de outra paciente, de 44 anos.  

Desde o início da pandemia, em março de 2020, 3.047 pessoas perderam a vida por complicações da covid-19 em Ribeirão Preto.  

Explosão de casos
 
O boletim epidemiológico de Ribeirão Preto voltou a mostrar a explosão de novos casos de covid-19 na cidade. Na edição desta sexta-feira, o levantamento informa que 4.978 pessoas foram diagnosticadas com a doença nos últimos sete dias, totalizando 8.772 casos em 2022.  

O número de casos confirmados nas primeiras três semanas de janeiro, já o maior para um mês desde junho de 2021, quando 10.931 casos de pessoas infectadas com o coronavírus foram registrados.  

Desde o início da pandemia, Ribeirão Preto já confirmou 123.835 casos da doença.


Publicidade