cotidiano

Especial Coronavirus

USP de Ribeirão mantém obrigatoriedade sobre uso de máscaras

Segundo a reitoria da USP, a medida é válida para professores, servidores, alunos e visitantes em todos ambientes fechados

| ACidadeON/Ribeirao -

Campus da USP em Ribeirão Preto (Foto: Arquivo A Cidade)
 
A reitoria da USP (Universidade de São Paulo) publicou nova portaria no último domingo (20), no qual determina a manutenção do uso obrigatório de máscaras em locais fechados em todos os campi, incluindo o de Ribeirão Preto. 

Segundo comunicado do reitor Carlos Gilberto Carlotti Júnior, a medida foi decidida pela comissão assessora de saúde da reitoria.  

LEIA MAIS - Fórum de Ribeirão libera entrada sem máscara e passaporte vacinal
 
A obrigatoriedade é válida para professores, servidores, prestadores de serviços, estudante e visitantes nos ambientes fechados da universidade, como salas de aula, auditórios, museus, laboratórios, bibliotecas, locais de atendimento ao público e setores administrativos da Universidade.  

Já nos ambientes externos, o uso de máscara é recomendado em situações de aglomeração. Ainda de acordo com a portaria, deverão ser utilizadas máscaras cirúrgicas ou tipo N95, que devem cobrir do nariz ao queixo.  

"Essa determinação foi decidida por analogia ao estabelecido para usuários de transporte público (número elevado de pessoas no mesmo ambiente, circulação restrita de ar, proximidade física e tempo de permanência prolongado)", informa o comunicado.

Publicidade