Publicidade

cotidiano

Consórcio planeja construção de aterro sanitário em Ribeirão

Estudo para implantação de aterro sanitário em Ribeirão Preto será financiado pela Caixa Econômica Federal

| ACidadeON/Ribeirao -

Estudos para implantação do aterro terão R$ 15 milhões (Foto ilustrativa: Gabriel Jabur/Agência Brasília)
 
O Consórcio de Municípios da Mogiana (CMM) planeja a construção de três aterros sanitários na região, que seriam construídos em Ribeirão Preto, Igarapava e Jaboticabal. Nesta quinta-feira (8), o consórcio foi escolhido pela Caixa Econômica Federal para receber até R$ 15 milhões para o desenvolvimento do projeto e análise de viabilidade técnica.  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO  

O projeto surgiu de um termo de cooperação entre o CMM e a Região Metropolitana de Ribeirão Preto e foi inscrito em um edital da Caixa Econômica Federal para o financiamento de projetos de concessão no setor de saneamento básico.  

O projeto foi elaborado por um grupo de estudos formado pelo CMM, pelo professor Marcelo Pereira de Souza, da USP (Universidade de São Paulo), e pela secretária de Meio Ambiente de Ribeirão Preto, Sônia Valle, responsável técnica da iniciativa.  

Nesta quinta-feira (8), o presidente em exercício do consórcio, Edson Avallos, e a secretária de Sônia Valle visitaram um aterro sanitário em Salto. O aterro daquela cidade foi implantado por meio de Parceria Público-Privada (PPP). O modelo é analisado para construção do aterro em Ribeirão Preto.  


Mais notícias


Publicidade