ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Homem é preso acusado de furto no Centro de Ribeirão Preto

Na semana passada ele foi detido pelo mesmo crime, mas se passou por um irmão e acabou liberado

| ACidadeON/Ribeirao



Um homem foi preso em flagrante por furto na madrugada desta quarta-feira (16), em Ribeirão Preto. José Ricardo Alves dos Santos, de 30 anos, invadiu e pegou diversos objetos de uma loja de aparelhos eletrônicos, na rua Duque de Caxias, Centro da cidade.  

Durante patrulhamento de rotina na região Central, policiais militares avistaram o homem carregando uma sacola com objetos suspeitos e fizeram a abordagem, às 5h45, na avenida Jerônimo Gonçalves. 

Questionado, ele confessou aos policiais a autoria do furto na loja de eletrônicos. Com ele foi encontrado um notebook, um amplificador grande, caixas de som para computador e veículos, além de um módulo de potência. Uma tesoura grande e uma chave de fenda também foram apreendidas.  

Segundo o cabo PM Henrique Jr, que realizou o flagrante, na semana passada ele havia sido detido por suspeita de furtar uma escola de balé na rua Barão do Amazonas. "Mas deu o nome do irmão, passou por audiência de custódia e foi liberado".  

Na delegacia, Santos conversou com a reportagem e disse que começou a praticar crimes depois que se tornou viciado em crack. "Se eu não usar o crack, não consigo subir em nada, não tenho força", comenta o acusado.  

Sobre ter utilizado o nome do irmão para se livrar da prisão, Santos apenas confirmou o fato e lamentou a prisão em flagrante. "Eu usei o nome dele, mas uma hora a casa cai, né? Hoje a casa caiu", disse o preso, que revende os objetos furtados para comprar droga.  

Segundo próprio acusado, para furtar a escola de balé ele teria recebido ajuda da namorada, mas disse que não a entregaria à polícia, que não iria fornecer informações sobre a identidade desta mulher.  

A ocorrência foi apresentada nesta manhã na CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde Santos seria ouvido pelo delegado de plantão.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
1 comentários
  • Daniel Souza
    16/05/2018 11:07:58
    Percebe pelas fotos, que os produtos ficaram sujos e danificados. Além disso seriam vendidos a troco de banana, para consumo dessa droga maldita. E mais uma vez quem sai prejudicado é o trabalhador cidadão de bem. Amanhã esse verme está solto para continuar roubando.

Veja também