ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Homem espancado é achado em estado gravíssimo na avenida Brasil

Vítima, que aparenta ter 55 anos e ainda não foi identificada, sofreu traumatismo craniano por espancamento e está internada na Santa Casa

| ACidadeON/Ribeirao

 

Avenida Brasil (Foto: ACidade ON)

Um homem, ainda não identificado e vítima de espancamento, foi encontrado pela Polícia Militar com traumatismo craniano e em estado gravíssimo, na madrugada desta quarta-feira (4), no cruzamento da avenida Brasil com a rua Buenos Aires, no Jardim Salgado Filho, zona Norte de Ribeirão Preto.    

O major da Polícia Militar Marco Aurélio Gritti, responsável pelo patrulhamento daquela região, informou que terceiros acionaram as viaturas às 00h30.  

A vítima, que não portava documentos e aparentava ter aproximadamente 55 anos, estava caída em uma calçada e perdendo muito sangue pelo nariz.     

"Quando nossas equipes chegaram, ele já estava sendo socorrido. Também não sabemos ainda quem causou isso", explicou. "Casos como esse não são recorrentes naquela região. Pode ser que haja subnotificações", completou o oficial.  

Consta no boletim de ocorrência que o homem foi socorrido pelo Grau (Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências) até a Santa Casa já entubado e com traumatismo craniano. O estado de saúde dele era considerado gravíssimo.  

Às 10h30, o hospital ainda não havia informado a atualização do quadro.  

Características  

Segundo a Polícia Civil, o homem espancado é pardo, com os cabelos raspados e tatuagem no antebraço direito de um diabo da Tasmânia. No esquerdo, a imagem de uma Nossa Senhora. Também têm tatuagens na perna direita, porém não foi possível identificar o quê. Os desenhos podem ajudar a identificar a vítima.

Mais casos 

Em cinco dias, esse é o terceiro caso de espancamento registrado em Ribeirão Preto. Os dois primeiros resultaram na morte de homens. Eles foram encontrados na última sexta-feira (29), na rua Sebastião Morais Júnior, na Cidade Universitária.   

Apenas uma das vítimas - Claudemir Dantas de Souza, 41 anos - foi identificada pela família na tarde de sábado (30). O corpo do segundo homem permanece no Instituto Médico Legal (IML) à espera de identificação.

Segundo o BO, a PM também foi chamada até o local por uma pessoa, que encontrou as vítimas caídas e ensanguentadas. Os policiais relataram que ambos estavam conscientes quando chegaram ao local, mas que não tinham condições de prestar esclarecimentos sobre o que havia ocorrido.   

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários