Aguarde...

cotidiano

Motociclista baleado recebe alta de hospital em Ribeirão

Victor Morais, de 23 anos, deixou a Santa Casa nesta segunda (22); jovem está com bala alojada na região da coluna e ainda deverá passar por cirurgia

| ACidadeON/Ribeirao

Crime ocorreu na noite da última terça, na zona Norte de Ribeirão Preto (Foto: Divulgação / Redes Sociais)
O motociclista baleado durante uma briga de trânsito na última terça-feira (16), nos Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto, recebeu alta médica.

O jovem, identificado como Victor Henrique Ataíde de Morais, de 23 anos, estava internado na Santa Casa da cidade e deixou o hospital na noite desta segunda-feira (22).  

A vítima havia sido liberada na sexta-feira (19), mas retornou à unidade hospitalar no sábado (20), após suspeita de infecção urinária. 
 
CLIQUE E SAIBA O QUE É NOTÍCIA EM RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

Em nota, a assessoria de comunicação do hospital informou que a doença foi descartada pela equipe médica que atendia o paciente.

Bala alojada

Durante a confusão no trânsito, um dos disparos atingiu a região da coluna da vítima.  

Morais, contudo, ainda não passou por cirurgia para retirada de um fragmento de projétil alojado em seu corpo. 

Ainda segundo o hospital, o paciente se encontra "neurologicamente estável" e, por isso, recebeu alta. Mesmo em casa, ele ainda deverá passar por acompanhamento médico.

Ainda não há, porém, data prevista para que o jovem seja submetido a um procedimento cirúrgico.  

A família disse que ele tem sentido dores, mas não há sequelas aparentes.

O crime

O suspeito de balear o motociclista foi identificado como um agente socioeducativo da Fundação Casa. O homem, de 49 anos, dirigia um carro durante o crime. 

Ele deixou o local do crime e não havia sido encontrado pela PM (Polícia Militar) na casa onde mora, no Ipiranga, também na região Norte. No imóvel, contudo, foram apreendidas armas e centenas de cartuchos.  

A Fundação Casa informou que o servidor está afastado das funções há dois anos para tratamento médico.

O caso é apurado pela Polícia Civil como tentativa de homicídio. 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON