Publicidade

cotidiano

Carga de aço é furtada durante transporte para região de Ribeirão

Mercadoria avaliada em R$ 275 mil seria entregue em Batatais, mas acabou sendo desviada para Valinhos na região de Campinas; Trio acabou preso

| ACidadeON/Ribeirao -

Carga de aço seria devolvido à vítima (Imagem: Reprodução / EPTV)
A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (20), três pessoas suspeitas de envolvimento no furto de uma carga de aço que seria entregue em Batatais, na região de Ribeirão Preto.

A mercadoria, avaliada em R$ 275 mil, foi desviada para um galpão de Valinhos, na região de Campinas, a 274 quilômetros de Batatais. 
 
VEJA TAMBÉM: Mulher é morta estrangulada com fio de nylon; ex-marido é preso

Segundo Willians Carlotti, proprietário da empresa que comercializou o metal, em Guarulhos, o crime foi constatado na última segunda (18).

"Chegando à empresa na segunda-feira [dia 18], detectamos que o cliente não recebeu a carga. Começamos a fazer o trabalho de busca e o telefone dado não atendia mais", contou o empresário em entrevista ao telejornal EPTV 2.

De acordo com a delegada da Polícia Civil de Valinhos, Denise Florêncio Margarido, a grande quantidade de aço deixada ao lado do barracão, no Jardim Nova Canudos, chamou a atenção dos policiais e motivou a abordagem. 

"Eles entraram no local e questionaram os funcionários sobre a nota fiscal dos produtos. Os funcionários afirmaram que não havia nota fiscal e que não sabiam da procedência. Imediatamente acionamos a vítima, que compareceu ao local e identificou a carga", explicou a delegada. 

Toda a carga acabou sendo apreendida e seria devolvida à vítima.   

Já o trio foi autuado por receptação. No entanto, foi arbitrada fiança na delegacia de Valinhos e os suspeitos deverão responder em liberdade.  

A função deles no esquema, porém, não foi informada. 

Ainda conforme as informações, o motorista do caminhão chegou a registrar um boletim de ocorrência (BO) em Hortolândia, alegando que havia sido roubado em Santa Rita do Passa Quatro.

Posteriormente, no entanto, o homem confessou envolvimento no crime. A suspeita é que ele tenha recebido R$ 1 mil pelo desvio da carga.    
 
Até o momento, a polícia não havia localizado o dono do imóvel. Ele também deverá responder por receptação. (Com EPTV) 
 

Caso foi apresentado à Polícia Civil de Valinhos (Imagem: Reprodução / EPTV)

Mais notícias


Publicidade