STJ revoga habeas corpus de Maria Lucia Pandolfo

Ex-diretora da Coderp voltará à prisão por suspeita de integrar esquema de fraude em licitações

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Wesley Alcantara
Reprodução EPTV
Ex-servidora da Coderp, Maria Lucia Pandolfo, é suspeita de integrar esquema de fraude em licitações de R$ 203 milhões nos últimos quatro anos (Foto: Reprodução / EPTV)

 

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu no final da tarde desta quinta-feira (18) revogar os habeas corpus concedidos no ano passado ao ex-secretário Marco Antônio dos Santos, advogado Sandro Rovani e a ex-diretora da Coderp, Maria Lucia Pandolfo. A decisão teve quatro votos favoráveis e um contrário as prisões.

Como Marco Antônio e Sandro já estão presos, a situação deles não muda em nada – ou seja, permanecem normalmente na Penitenciária de Tremembé. Apenas Maria Lucia é quem voltará para a cadeia.

A ex-funcionária da companhia é suspeita de integrar esquema de fraude em licitações de R$ 203 milhões nos últimos quatro anos. Entre os contratos que teriam sido fraudados, está o que determinou a compra de catracas para escolas da rede municipal.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.