Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

docon

Número de empresas ativas cresce 37% em Ribeirão Preto

Em 2017, a cidade contava com 76.801 empresas; Entre 2017 e 2018, o crescimento foi de 17,37%; Em 2018, o número passou para 90.138 e, hoje, saltou para 104.898

| ACidadeON/Ribeirao


Duarte Nogueira (PSDB), prefeito de Ribeirão Preto (Foto: Divulgação)

Dados da pesquisa da Empresômetro (Inteligência de Mercado, consultada no último dia 28 de novembro), revelam que entre 2017 e 2019 o número de empresas instaladas em Ribeirão Preto passou de 76.800 para 104.898, o que representa um crescimento de mais de 37%.

Utilizando como base de dados informações da Receita Federal do Brasil, órgãos federais, estaduais e municipais, além do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pesquisa revela que Ribeirão Preto encontra-se entre a 14ª colocação do país e 4ª no Estado de São Paulo, ficando atrás apenas de São Paulo, Campinas e Guarulhos.

Em 2017, Ribeirão Preto contava com 76.801 empresas ativas. Entre 2017 e 2018, houve um crescimento de 17,37%. Em 2018 este número passou para 90.138 e, hoje, saltou para 104.898.

O Mapeamento do Ecossistema de Inovação elaborado pelo Supera Parque de Inovação e Tecnologia revela que Ribeirão Preto destaca-se por seu ecossistema empreendedor. Atualmente, a cidade possui 175 startups ativas, sendo que a maior parte das atua nas áreas de Tecnologia da Informação e Saúde, ambas representando 29,7% das empresas, seguidas pelas atuantes em Educação (11,4%) e Agronegócio (10,3%).

Os números revelam que empresários estão mais dispostos a investir na cidade. Entre inúmeros fatores que contribuíram para este cenário, podemos citar a localização estratégica em que se encontra Ribeirão Preto. A Rodovia Anhanguera, o eixo viário na direção Norte, que garante o acesso ao Distrito Federal, o Triângulo Mineiro e o Trevo "Waldo Adalberto da Silveira", o Trevão, considerado o maior entroncamento viário do Brasil que liga as pistas nos dois sentidos da Anhanguera, conectam as cidades que compõem a região Metropolitana de Ribeirão Preto. Uma região que reúne mais de 1,7 milhão de habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019.

Estratégias locais são avaliadas por empresários para investir em uma cidade. Entre elas, assegurar que a cidade ofereça qualidade na mobilidade urbana, segurança viária e promova um indicador eficaz no ritmo de crescimento da infraestrutura em relação ao crescimento demográfico no município. Esses são alguns dos fatores que podem ser vistos como portas de entrada para a geração de renda e emprego, além de crescimento econômico.

Em um país em que 35 milhões de pessoas não possuem água tratada em casa e 100 milhões de pessoas não têm coleta de esgoto, Ribeirão destaca-se pela posição que alcançou no último ranking apresentado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes). A cidade encontra-se em 8º lugar entre os 33 municípios de grande porte com melhor saneamento básico no país. Isso significa uma população saudável, com menor índice de mortalidade infantil e uma cidade sustentável. 

Essas são algumas das inúmeras vitrines que Ribeirão apresenta ao país e, consequentemente, aos empresários que pretendem investir na cidade. Ribeirão é, portanto, uma cidade de vanguarda que volta a liderar, ocupar e exercer seu papel protagonista dentro do País. 
 
Veja mais artigos de Duarte Nogueira: Virando o jogo

Mais do ACidade ON