Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Região de Ribeirão Preto vai ganhar 190 km de rede de gás natural

Nova rede de distribuição receberá investimento superior e R$ 135 milhões e passará por Orlândia, Jardinópolis, São Simão, Dumont e Sertãozinho

| ACidadeON/Ribeirao

 

Nos próximos cinco anos, a região de Ribeirão Preto vai ganhar 190 quilômetros de rede de distribuição de gás natural canalizado. O anúncio oficial ocorreu a manhã desta quinta-feira (22), em solenidade que contou com a participação do prefeito Duarte Nogueira (PSDB) e Walter Fernando Piazza Júnior, diretor-presidente da GasBrasiliano.  

O plano de expansão da nova rede prevê investimento superior a R$ 135 milhões para a duplicação da malha dutoviária, incluindo projetos de canalização em municípios como Orlândia, Jardinópolis, São Simão, Dumont e Sertãozinho.  

"A região de Ribeirão Preto contabiliza hoje mais de 11.000 consumidores de gás natural canalizado. Duplicar a rede de distribuição em uma região de alto desenvolvimento econômico como esta significa disseminar ainda mais a presença do gás natural, importante fonte de energia mundial que permite a transição energética para uma economia de baixo carbono e que contribui com a mobilidade urbana", destaca o diretor-presidente da GasBrasiliano, Walter Fernando Piazza Júnior.  

A demanda por gás natural canalizado é crescente na região, cada vez mais utilizado nas residências, comércio e indústria. Em Ribeirão Preto, estima-se um total de 13,5 mil ligações de gás natural canalizado em bairros como Sumarezinho, Campos Elíseos, Vila Tibério, Centro, Jardim Paulistano, Jardim Paulista, Iguatemi, Jardim Sumaré, Alto da Boa Vista e Quinta da Primavera.  

"O gás natural canalizado trouxe inúmeras melhorias para a infraestrutura de Ribeirão Preto e essa ampliação da rede de distribuição trará ainda mais benefícios, pois mais pessoas e empresas terão acesso a essa fonte energética que é moderna, segura, econômica e mais sustentável. E outro ponto importante a salientar é que o gás natural agrega mais valor aos produtos industrializados, gerando maior competitividade às indústrias e contribuindo para o crescimento da economia local", afirma o prefeito Duarte Nogueira.

Veja também