Aguarde...

Economia

Na fase amarela, Ribeirão Preto adota regras da fase verde

Sem respeitar a classificação do Plano São Paulo, a Prefeitura divulgou que o comércio pode voltar a funcionar em horário normal e liberou a ocupação de 60%

| ACidadeON/Ribeirao

Calçadão de Ribeirão Preto (Foto:Weber Sian / ACidade ON)

A Prefeitura de Ribeirão Preto, mais uma vez, anunciou que não vai respeitar a classificação do Plano São Paulo e, mesmo na fase amarela, vai liberar o comércio para funcionar em horário normal. A informação foi divulgada através de nota na tarde desta segunda-feira (16). 

Segundo o Executivo, os estabelecimentos também podem usar até 60% de suas respectivas capacidades, que é uma regra da fase verde do Plano São Paulo - na fase amarela esse percentual é de 40%.  
 
Logo após o meio-dia, o governador João Doria (PSDB) adiou a atualização do Plano São Paulo que aconteceria, alegando problemas no sistema do Ministério da Saúde que acompanha a evolução do novo coronavírus nas cidades brasileiras (clique aqui e saiba mais). 
 
O prefeito Duarte Nogueira havia afirmado na semana passada, em debate promovido pelo ACidade ON, que a região de Ribeirão Preto iria para a fase 4 (verde) do Plano São Paulo (clique aqui e saiba mais).
 

Confira na íntegra a nota da Prefeitura:
"Ribeirão Preto está com índices de classificação da fase verde do Plano SP em todos os quesitos, inclusive com situação mais confortável que a verificadas em diversas outras regiões do Estado. Mesmo assim a Prefeitura Municipal manterá os cuidados necessários para conter as aglomerações, tendo em vista a manutenção destes índices e a busca constante da redução de casos positivos da doença.
Com a proximidade do final do ano, algumas medidas estão sendo adotadas em relação ao funcionamento do comércio e de prestadores de serviços, principalmente com relação à liberação do horário de funcionamento, porque se constatou que a limitação de horário tem levado à concentração pessoas. O objetivo da prefeitura é diluir o fluxo consumidores com maior período de atendimento, de forma a se evitar aglomerações e contágio.
Todos os serviços e estabelecimentos comerciais, a partir de agora, voltarão a funcionar em seus horários normais de acordo com o estabelecido em seus alvarás de funcionamento. Também já está sendo publicado o horário especial de final de ano que valerá a partir de 1º de dezembro.
Também será permitido a ocupação de 60% da capacidade dos espaços dos estabelecimentos. Reiteramos que todas as atividades que provoquem aglomeração continuam proibidas, assim como reafirmamos a necessidade das medidas de prevenção, como o uso constante de máscaras e a higienização das mãos.
Mais esclarecimentos sobre as regras e protocolos a serem observados estão no decreto publicado nesta segunda-feira, 16 de novembro, no Diário Oficial do Município".
 
 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON