- Publicidade -
Lazer e CulturaAniversário de Ribeirão Preto: Suposto vulcão, Califórnia Brasileira e outras curiosidades sobre a cidade

Aniversário de Ribeirão Preto: Suposto vulcão, Califórnia Brasileira e outras curiosidades sobre a cidade

Cidade comemora 168 anos nesta quarta-feira (19); O acidadeon separou cinco curiosidades da cidade

- Publicidade -

Ribeirão Preto é uma cidade que alia tradição e modernidade, guardando histórias fascinantes e curiosidades únicas. O município completa 168 anos nesta quarta-feira, 19 de junho, e o acidadeon preparou uma lista com cinco curiosidades sobre a cidade. Confira:

Vulcão Adormecido

Uma antiga história sobre a existência de um vulcão adormecido sob Ribeirão Preto sempre repercute nas mídias digitais. O vulcão, porém, não passa de uma lenda, é o que explica a geóloga, Eliane del Lama, docente na Universidade de São Paulo (USP).

- Publicidade -

“Ribeirão não está sobre um vulcão adormecido. Ele está predominantemente sobre os derrames basálticos da Formação Serra Geral da Bacia do Paraná, de idade cretácea inferior (correspondente entre 145,5 milhões e 99,6 milhões de anos)”

Eliane Del Lama

Ela também explica o que são os derrames basálticos: “Estes originaram-se de um magmatismo fissural, onde o magma extravasa à superfície por meio de extensas fissuras na crosta, que serviram de conduto para a lava, sendo um estágio precursor da ruptura do antigo Supercontinente Gondwana, hoje representadas por África, América do Sul, Índia, Austrália e Antártida.

A geóloga conclui dizendo que o fenômeno “não apresenta risco nenhum para a população de Ribeirão Preto e região”.

Califórnia Brasileira

Ribeirão Preto ganhou o apelido de “Califórnia Brasileira” nos anos 1990, depois de o jornalista Ricardo Kotscho publicar uma matéria onde destacava o desenvolvimento econômico da cidade, que aos poucos foi se tornando um dos maiores centro econômicos do interior paulista.

O termo chegou a ser utilizado em outras diversas reportagens veiculadas em jornais impressos, televisões e rádios. Em entrevista para o acidadeon, em 2022, Kotscho lembrou que, após as essas reportagens, que pessoas de várias regiões do Brasil se dirigiram a Ribeirão Preto em busca de uma vida melhor.

Dino da Independência

Em uma fachada de uma loja de churrasqueiras, situada na Avenida Independência, uma das principais avenidas de Ribeirão Preto havia o famoso Dino da Independência, uma estátua de dinossauro que chegou a ser chamado de patrimônio histórico da cidade. Muitas pessoas se dirigiam até o local para tirar fotos.

- Publicidade -

Porém, a estátua foi retirada em 2016 após um acordo judicial, o Dino foi entregue a um jornal da cidade e permanece em uma propriedade particular em Taquaritinga-SP. Na época, a situação comoveu os moradores da cidade. Eventos no Facebook foram criados para realizar manifestações em frente a loja e até mesmo uma vaquinha on-line para recuperação da estátua.

Pequena Paris

Nos tempos áureos do café, Ribeirão Preto chegou a ser chamada de “Petit Paris” ou “Pequena Paris“. A influência europeia era evidente na arquitetura dos casarões, nos teatros e na vida cultural. As famílias mais influentes da cidade buscavam adotar costumes franceses, dando origem ao apelido.

Até hoje essa herança pode ser vista em diversos pontos da cidade, como nos prédios que compõem o Quarteirão Paulista (Theatro Pedro II, Edifício Meira Junior e Centro Cultural Palace) e o Palácio do Rio Branco, antiga sede da Prefeitura de Ribeirão Preto.

Por coincidência – ou não – a seleção masculina de futebol da França escolheu Ribeirão Preto como base durante a Copa do Mundo de 2014. A equipe se hospedou em um resort da zona Leste, treinou no Estádio Santa Cruz (casa do Botafogo) e concedeu entrevistas coletivas no Theatro Pedro II.

Quarteirão Paulista, imóvel tombado como patrimônio histórico da cidade (Foto: Marcelo Fontes)

Encanamento subterrâneo na choperia do Pinguim

Outra lenda famosa envolve a Choperia Pinguim, um dos cartões postais da cidade por estar situada no Quarteirão Paulista, no centro de Ribeirão Preto.

Por muitos anos, porém, foi difundido que um encanamento, por baixo do piso, ligava a choperia e a antiga fábrica da Antártica, na avenida Jerônimo Gonçalves. Esse seria o motivo de o chope ser o melhor do Brasil e assim se tornou famoso.

A fábrica da cervejaria funcionou entre o início dos anos 1900 e o início dos anos 2000. Hoje, ela não existe mais, mas a lenda que sobre o chope ainda é famosa.

A verdade é que a choperia, para garantir o sabor diferenciado da bebida, se atenta para alguns cuidados como a pressão da torneira e renovação constante do chope. Além dos 400 metros de serpentina, dentro das câmeras frias e reposição frequente de gelo sobre os barris.

FIQUE ON

Fique ligado em tudo que acontece em Ribeirão Preto e região. Siga os perfis do acidade on no Instagram e no Facebook.

Receba notícias do acidade on no WhatsApp. Para entrar no grupo, basta clicar aqui.

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre Ribeirão Preto e região pelo WhatsApp: 16 99117 7802.

VEJA TAMBÉM
Confira as festas juninas de Ribeirão e região no Rota do Arraiá

- Publicidade -
Lauriany Braquino, com supervisão da redação
Lauriany Braquino, com supervisão da redação
Jornalista em formação pela UNAERP (Universidade de Ribeirão Preto). Estagiou em assessorias de imprensa e auxiliou em campanhas de conscientização como Janeiro Roxo.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Notícias Relacionadas
- Publicidade -