Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Câmara vota nesta quinta (5) autorização para compra de prédio da Caixa

Executivo pretende transferir a sede da prefeitura e secretarias para o local; gasto é de R$ 8 milhões

| ACidadeON/Ribeirao

Dinheiro para compra do prédio vai vir de recursos que a Caixa deve para os cofres municipais (Foto: Weber Sian / A Cidade - 12/jan/2017)

Os vereadores votam na sessão desta quinta-feira (5) o projeto que autoriza o Executivo Municipal a comprar o prédio da antiga sede da Caixa Econômica Federal, no Centro de Ribeirão Preto. A proposta tem rejeição de parte dos parlamentares. 

De acordo com informações da prefeitura, o prédio está avaliado em R$ 7,7 milhões, mas o negócio foi feito por R$ 4 milhões. O imóvel fica na rua Américo Brasiliense, 426, em terreno com 1.057 m² e área construída de 4.531 m². 

O dinheiro para a compra do prédio vai vir de recursos que a Caixa deve para os cofres municipais. De Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), por exemplo, dão R$ 337 mil. Também há dinheiro para receber do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), aponta o Executivo. 

Reforma  

A compra, porém, é só a primeira etapa. Na fase de reforma, a prefeitura já tem garantias para um empréstimo de R$ 4 milhões junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).   

"Para o imóvel, serão transferidos o Gabinete do Prefeito, a Secretaria da Casa Civil, a Secretaria de Governo e a Secretaria da Fazenda, que ficarão melhor instalados, além de possibilitar a liberação do Palácio Rio Branco para restauração", informa o Executivo no projeto que está na Câmara.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também