Aguarde...

Política

Prefeito de Orlândia perde mandato após condenação

Oswaldo Junqueira Neto (MDB), o Vado, teve recursos esgotados após ser condenado por improbidade em processo que apontou fraude em licitação, em 2005; vice é convocado

| ACidadeON/Ribeirao

Oswaldo Ribeiro Junqueira Neto (MDB), o Vado: perda do mandato de prefeito em Orlândia (Foto: Reprodução)
 

Após condenação por improbidade administrativa, o prefeito de Orlândia, Oswaldo Ribeiro Junqueira Neto (MDB), teve os direitos políticos suspensos e perdeu o mandato. O vice-prefeito, Sergio Bordin, foi convocado para a assumir a prefeitura. 

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

Vado, como o prefeito é conhecido, teve o afastamento definitivo do cargo declarado durante sessão da Câmara Municipal na noite desta segunda-feira (14).

O promotor de Justiça Paulo Augusto Radunz Júnior informou que todos os recursos da defesa de Vado, em Brasília (DF), foram esgotados em agosto deste ano após o processo transitar em julgado. 

A Prefeitura de Orlândia informou que o ato da Câmara ainda não havia sido enviado ao Executivo. 

Ação de 2005 

O caso foi denunciado à Justiça no ano de 2005 após a promotoria constatar irregularidades em uma licitação de 2004, quando Vado era prefeito do município. 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP) chegou a confirmar os indícios de irregularidades.  

Ainda de acordo com a promotoria, Vado está inelegível e não poderá concorrer às eleições por três anos. (Com EPTV)

Mais do ACidade ON