Aguarde...

Especial Névio Archibald

Conselho de Ética define relator para pedido contra Simões

Servidora da área da Saúde afirma que foi ofendida pelo vereador Rodrigo Simões; parlamentar acredita que acusação tem cunho político

| ACidadeON/Ribeirao

Rodrigo Simões (PDT) acredita que acusação tenha cunho político (Foto: Leonardo Santos/ACidade ON)
O Conselho de Ética da Câmara Municipal de Ribeirão Preto definiu nesta terça-feira (22) que o vereador André Trindade (DEM) será o relator de um pedido de cassação movido contra o vereador Rodrigo Simões (PDT), por supostas ofensas proferidas contra uma servidora municipal.  

De acordo com o presidente do Conselho, Maurício Vila Abranches (PTB), o procedimento foi aberto para apuração da denúncia. "Nós temos prazos. Resolvemos já convocar essa reunião para os membros da reunião possam tomar conhecimento e já escolhemos o relator", explicou o parlamentar.  

"Normal"
 
Rodrigo Simões, que é membro do Conselho de Ética, afirma estar tranquilo, já que acredita que o procedimento é normal. "Deu sequência no trâmite normal da Câmara. [A denúncia] não tem objeto. É uma manifestação política da pessoa que entrou querendo proveito próprio. Mas, eu estou tranquilo", afirma Simões.  

Agora, o procedimento pode correr no Legislativo por até 45 dias, podendo ser prorrogado por mais 15. Rodrigo Simões tem 10 dias para apresentar a defesa no caso.  

O caso
 
Uma servidora da área da Saúde enviou um requerimento para a Mesa Diretora da Câmara Municipal pedindo a cassação do mandato de Simões. Moziara Oranges afirma que o vereador quebrou o decoro parlamentar, já que ele teria a difamado nas redes sociais e, também, no plenário da Câmara (veja mais aqui).

Mais do ACidade ON