Aguarde...

Especial Névio Archibald

Avenida da zona Sul é inaugurada sem ciclovia prevista

Prolongamento da avenida Coronel Ferreira Leite, em Ribeirão Preto, foi entregue no sábado (27); Prefeitura diz que ciclovia será feita depois

| ACidadeON/Ribeirao


Prolongamento da avenida foi entregue sem a ciclovia (Foto: Alexandre Azevedo / CCS)

A Prefeitura de Ribeirão Preto informou, por meio de nota, nesta terça-feira (30), que a ciclovia que consta no projeto do prolongamento da avenida Coronel Ferreira Leite, na zona Sul, ainda será feita.

No sábado (27), a obra foi oficialmente entregue, inclusive com a presença do prefeito Duarte Nogueira (PSDB) e membros do primeiro escalão do Executivo Municipal. No entanto, a inauguração sem a ciclovia chamou a atenção.

"A Secretaria Municipal de Obras Públicas informa que não houve alteração no projeto e a ciclovia será no canteiro central de toda a extensão construída. A sinalização de solo será feita oportunamente pela Transerp, quando os outros trechos forem executados pelo Ribeirão Mobilidade", disse a prefeitura, por meio e nota.

Na nota, porém, o Executivo não informa o prazo para a implantação da ciclovia. 
 
Prefeito e secretário de Obras descerram placa de inauguração da avenida (Foto: Alexandre Azevedo / CCS)

A obra

Segundo o site da prefeitura, a ampliação da avenida foi realizada entre as ruas José Borges da Costa e Otávio Magalhães, numa extensão de 1,3 quilômetro.

"O projeto contemplou a pavimentação de 16 ruas que não tinham saída para permitir a ligação direta de cada uma com a Ferreira Leite. No total, foram executados 29 mil m² de pavimento novo; 13 mil m² de calçadas de concreto; 670 metros de canalização em concreto; 522 metros de aduelas de concreto assentadas e 3.367 m³ de concreto utilizados", informou o Executivo.

Ao custo de R$ 13,2 milhões, o projeto foi viabilizado pela Prefeitura em parceria com a empresa Multiplan.


Prazo eleitoral

O prolongamento da avenida Coronel Ferreira Leite pode ter sido a última inauguração do prefeito Duarte Nogueira antes da eleição 2020.

Segundo o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), prefeitos que vão concorrer à reeleição só podem participar de inaugurações de obras públicas até 4 de julho. 
 
No entanto, vale ressaltar que Nogueira não confirmou que vai concorrer no pleito de 2020. A data prevista para a eleição (primeiro turno) é 4 de outubro, mas o Congresso avalia se a data será mudada devido à pandemia do novo coronavírus.  

MAIS: CLIQUE AQUI E VEJA OS PROVÁVEIS CANDIDATOS EM RIBEIRÃO

Mais do ACidade ON