Publicidade

politica

Câmara discute multa para supermercado que não higienizar carrinhos

Legislativo de Ribeirão Preto analisa o projeto de lei na sessão desta terça-feira; Multa prevista é de 10 salários mínimos

| ACidadeON/Ribeirao -

Carrinho pode ser fonte de infecção pelo coronavírus (Foto: Amanda Rocha)

A Câmara de Ribeirão Preto analisa, na sessão desta terça-feira, 24 de agosto, proposta que impõe multa de 10 salários mínimos para supermercados e similares que não realizarem a higienização de carrinhos e cestas na prevenção ao novo coronavírus.

O projeto de lei é de autoria do vereador Franco (PRTB). Em sua justificativa, o parlamentar lembra que supermercados são locais de grande circulação de pessoas e a ausência de regras sanitárias pode provocar a transmissão de várias doenças, incluindo a covid-19. 
 
Além da limpeza com álcool 70%, a proposta coloca com regra a utilização da luz ultravioleta e a nebulização com produtos químicos.

Antes de ir ao plenário, o projeto será analisado pelas comissões permanentes da Câmara. A sessão desta terça começa às 18 horas e pode ser acompanhada on-line nos canais da TV Câmara nas redes sociais. 


Santa Lydia

Também será discutido na sessão desta terça, um aporte de R$ 2,6 milhões para a Fundação Santa Lydia. A instituição é responsável por gerenciar o hospital Santa Lydia e várias unidades de saúde municipais.

Segundo a justificativa do aporte, assinada pelo prefeito Duarte Nogueira (PSDB), a Fundação vem sofrendo com queda de receitas e aumento de despesas desde o começo da pandemia, em março de 2020.

Se aprovado, o repasse será feito em cinco parcelas mensais a partir de setembro de 2022.

Mais notícias


Publicidade