Publicidade

politica

Saúde: 70% dos casos de covid em Ribeirão são da variante delta

Mesmo ressaltando que todos os indicadores da covid-19, neste momento, estão em queda, o secretário mostrou bastante preocupação com a variante delta

| ACidadeON/Ribeirao -

Sandro Scarpelini falou aos vereadores sobre a pandemia (Imagem: Reprodução)
 
O secretário da Saúde de Ribeirão Preto, Sandro Scarpelini, disse que a variante delta já deve ser responsável por entre 70% e 80% dos novos casos de covid-19 no município. A análise foi feita nesta quinta-feira, 9 de setembro, em sabatina na Câmara de Vereadores.  

Sandro foi convocado para falar aos parlamentares sobre todas as medidas que Ribeirão Preto adotou até agora para combater a pandemia. Mesmo ressaltando que todos os indicadores da covid-19, neste momento, estão em queda, o secretário mostrou bastante preocupação com a variante delta (cepa da Índia).  
 
Essa preocupação acontece por tudo que ocorreu nos seis primeiros meses de 2021, que marcaram a chegada da variante P.1 (cepa do Amazonas). Ocorreu uma disparada de casos, internações e mortes, que só foi revertida em julho, quando a vacinação já estava bem mais adiantada. 
 
"Esse ano, a epidemia foi duas ou três vezes mais grave do que foi no ano passado", disse Sandro, referindo-se a chegada da P.1. "Se a delta começar a trazer consequências para nós, vamos precisar voltar leitos e voltar o polo covid", explicou o secretário da Saúde. 
 
Sobre o atual momento da pandemia, Sandro informou que a cada 100 pessoas que procuram as unidades de saúde se queixando de gripe, 18 são casos de covid-19. No pico da segunda onda, de acordo com o secretário, a cada 100 casos de gripe, 60 eram provocados pelo novo coronavírus. 
 
Veja a sabatina completa do secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, no player abaixo.
 
MAIS: Clique aqui e veja o número de casos e mortes em Ribeirão Preto

 

 

Mais notícias


Publicidade