29 de fevereiro de 2024
- Publicidade -
Tudo Inovação

Carnaval 2024: veja 5 dicas para proteger seus apps bancários

Saiba como aumentar a segurança dos seus aplicativos financeiros durante a folia

Saiba como aumentar a segurança dos seus aplicativos financeiros durante a folia. (Foto: Reprodução/ wayhomestudio/ Freepik)

Muitos foliões já se preparam para levar seus celulares aos blocos de rua e bailes de carnaval, utilizando-os como meio de pagamento. Por isso, é importante proteger seus apps bancários.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Mercado Pago, um em cada três pessoas planeja usar o celular para realizar transações durante a folia.

Se você também faz parte da estatística confira cinco dicas para garantir a proteção dos dados financeiros dos seus apps bancários durante o Carnaval:

1. Biometria como camada extra

Utilize a biometria nos aplicativos bancários como uma camada adicional de segurança. Cadastre uma senha numérica e configure o reconhecimento facial ou impressão digital para acessar as plataformas. Mantenha os aplicativos deslogados no celular e faça login apenas quando necessário.

2. Oculte app

Android: O recurso Pasta Segura, disponível a partir do Android 8.0, permite aos usuários ocultar aplicativos, fotos, vídeos e outros dados pessoais de forma confidencial, acessível apenas mediante senha. A funcionalidade varia de acordo com o modelo do aparelho, podendo os arquivos ocultos serem guardados no app “Documentos” ou encontrados no menu de segurança e privacidade de alguns dispositivos.

iPhone: No iPhone, o aplicativo Atalhos permite ocultar aplicativos do menu, possibilitando aos usuários alterar nome, cor e símbolo das plataformas para disfarçá-los. Para iniciar o processo, é necessário tocar no símbolo de “+”, selecionar “Adicionar ação”, “Scripts” e “Abrir app”, e então escolher a plataforma a ser disfarçada. Após selecionar o aplicativo, é possível renomeá-lo e escolher um novo ícone e cor para torná-lo mais discreto.

- Publicidade -

LEIA TAMBÉM

Brahma distribui celulares descartáveis para foliões do Rio e Salvador

 que é a “Super-Terra” encontrada pela Nasa?

- Publicidade -

3. E-mail separado para recuperação de conta: Mantenha um e-mail separado, não vinculado ao celular, para recuperação de contas em caso de roubo ou perda do dispositivo. Isso permitirá acesso a mensagens e dados de recuperação de contas em outros dispositivos, garantindo a segurança das suas transações bancárias.

4. Modo Rua do Nubank: Quem tiver o aplicativo Nubank, o banco oferece o recurso Modo Rua, que estabelece limites para transações realizadas fora de casa. Ao cadastrar redes Wi-Fi seguras, o banco automaticamente restringe valores de transações quando o celular não está conectado a essas redes, exigindo reconhecimento facial para desbloqueio. Para ativar, abra o app, toque no botão de perfil no canto superior esquerdo e selecione “Modo Rua”.

5. Cadastre seu aparelho no Celular Seguro

O Celular Seguro https://celularseguro.mj.gov.br/ é uma iniciativa do Governo Federal destinada a proteger seu aparelho em caso de perda ou roubo. Através desse serviço, é possível cadastrar um contato de confiança ou bloquear o dispositivo remotamente, seja por meio de um computador ou outro dispositivo autorizado. Ao acionar essa função, o aplicativo limita o acesso de invasores a suas contas bancárias, mensagens e outros dados sensíveis, incluindo fotos e vídeos armazenados na galeria.

LEIA MAIS

O que é estado de sítio? Entenda termo relacionado a Bolsonaro

plugins premium WordPress