19 de maio de 2024
- Publicidade -
Tudo Notícias

O que Haddad respondeu sobre as cobranças de Lula?

Presidente solicitou que o ministro passasse mais tempo conversando com o Congresso Nacional “em vez de ler um livro”

lula e haddad
Governo petista está desgastado no Congresso Nacional (Foto: Flickr/Palácio do Planalto)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, articulasse melhor a relação com parlamentares “em vez de ler um livro”.

O petista também cobrou mais agilidade na comunicação do vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB).

Saiba qual foi a reação do ministro da Fazenda e o que está acontecendo:

LEIA MAIS

Dirceu avalia atual governo Lula como sendo de “centro-direita”

Barroso aponta legalização de drogas leves como tendência mundial

- Publicidade -

O que Haddad respondeu sobre as cobranças de Lula?

Haddad respondeu aos questionamentos dos jornalistas sobre a cobrança do presidente, alegando que conversar com parlamentares é o que ele mais faz. “Eu só faço isso da vida (conversar com parlamentares)”, disse objetivamente.

Lula mencionou que seu partido, o PT, tem poucos congressistas num universo de 513 deputados e 81 senadores. “Isso significa que o (vice presidente Geraldo) Alckmin tem de ser mais ágil, tem de conversar mais. O Haddad tem de, sabe, ao invés de ler um livro, ele tem de perder algumas horas conversando no Senado e na Câmara. O Wellington, o Rui Costa passar uma parte do tempo conversando”, disse o presidente da República.

Desgaste

Diante desse cenário, o governo do petista passa por um momento de desgaste no Congresso. “Conversa com bancada A, com bancada B. É difícil, mas a gente não pode reclamar porque a política é exatamente assim. Ou você faz assim ou não entra na política”, declarou Lula.

É possível que, nos próximos dias, Lula encontre os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para tentar melhorar a relação do governo com o Congresso. As prováveis reuniões serão individuais, e não com os dois congressistas ao mesmo tempo.

- Publicidade -

*Com informações de Agência Estado

**Sob supervisão de Marcos Andrade

LEIA TAMBÉM

Alexandre de Moraes dá data limite para X se manifestar

Janaína Boaventura
Estagiária no Tudo EP e nA Cidade ON, é graduanda em Estudos Literários pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Adentrou no Grupo EP em 2024 e atua nos conteúdos digitais, enfaticamente com a parte textual.
- Publicidade -
plugins premium WordPress