13 de junho de 2024
- Publicidade -
Tudo Notícias

Qual é o salário de um pastor da Igreja Bola de Neve?

Unidade da Bola de Neve teria desviado dinheiro em benefício de dois pastores; veja quanto ganha um pastor desta igreja

Igreja Bola de Neve. (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O nome da Igreja Bola de Neve, presente em mais de 30 país, esteve envolvido em uma polêmica nos últimos dias. Isso porque ex-fiéis da congregação acusam a unidade de Balneário Camboriú (SC) de desviar dinheiro em benefício das famílias dos pastores Ana Lúcia Paixão e Natanael Nunes. Com isso, alguns internautas têm se perguntado qual é o salário de um pastor da Igreja Bola de Neve:

Qual é o salário de um pastor da Igreja Bola de Neve?

Segundo informações do Glassdoor, um portal de vagas e recrutamento de emprego, a faixa salarial de um pastor da Igreja Bola de Neve vai de R$ 14 mil a R$ 16 mil por mês. 

LEIA TAMBÉM

Uber amplia serviços no Brasil com Uber Health e Uber Green

X planeja ocultar curtidas públicas na plataforma

O que aconteceu na Igreja Bola de Neve Balneário Camboriú?

Segundo as acusações, a Bola de Neve Balneário Camboriú estaria envolvida no desvio de recursos de doações feitas por fiéis ao IPE (Instituto para Empreendedora), uma organização ligada à congregação. De acordo com os relatos dos denunciantes, o dinheiro teria sido usado em benefício dos pastores Ana Lúcia Paixão e Natanael Nunes. Além disso, a igreja também teria praticado crimes trabalhistas ao explorar trabalhadores que atuariam nas cantinas do IPE de forma voluntária. 

- Publicidade -

“As pessoas que doaram R$15.000, R$10.000, R$5.000 começaram a nos procurar denunciando que foram enganadas pelos pastores”, disse Marcio Bieda Junior, um dos ex-membros. 

Uma extensão do projeto Casa das Anas da Igreja Bola de Neve, o IPE é um abrigo para mulheres que foram vítimas de violência. Ele seria mantido com verbas públicas da prefeitura de Balneário Camboriú e dirigido pela pastora Ana Lúcia. 

Entretanto, as denúncias afirmam que os recursos destinados ao instituto teriam sido usados na montagem de um salão de beleza para os filhos dos pastores, o Ipê Beauty, ao invés de ser destinado ao acolhimentos das mulheres.

Compartilhe:
Larissa de Morais
Formada pela Universidade São Francisco, é repórter no Tudo EP | ACidade ON, site de entretenimento da EPTV, onde também foi assistente de mídias digitais e estagiária de jornalismo. Com passagem por sites de entretenimento e jornalismo independente, tem experiência em redação de material jornalístico para editorias de diferentes segmentos de hard e soft news e em produção de conteúdo para a internet.
- Publicidade -
plugins premium WordPress