Aguarde...

cotidiano

Microempreendedores individuais crescem 21% em Araraquara

Dona Maria, que vende sabão no Parque São Paulo, é um exemplo de quem busca empreender para se sustentar

| ACidadeON/Araraquara

Dona Maria, que fabrica e vende sabão no Parque São Paulo (Foto: Paula Cardoso)
O número de microempreendedores individuais cresceu 21% em Araraquara de junho de 2019 para 2020. O número saltou de 11.131 para 13.554, segundo o Portal do Empreendedor do Governo Federal. São 2,4 mil novos negócios de um ano pra outro. 

Investir no próprio negócio têm sido a alternativa em meio crise gerada pelo novo coronavírus. Dona Maria da Conceição da Silva, pernambucana de 43 anos, é um desses exemplos.
Há 15 anos em Araraquara, é da venda do sabão caseiro e revenda de outros produtos pra limpeza que ela tira o sustento da sua família. 

Maria começou vendendo imãs de geladeira, depois, entendeu que a receita de sabão, herdada da sua tataravó, poderia lhe render bons frutos. Então, passou a fabricar o sabão em sua casa. 

"Eu comecei porta a porta e fui melhorando. Eu produzo o sabão na minha casa e ele vem me trazendo um resultado muito bom, graças a deus", afirma Maria.
A artesã acredita que está no caminho certo e sente mais forte sempre que recebe um elogio. "Elas falam Maria, seu sabão é maravilhoso. Não fico sem ele na minha cozinha. Eu fico numa alegria dentro de saber que esse sabão está na cozinha de cada uma dessas mulheres", afirma.   

Maria fabrica seu sabão em casa, mas pretende se formalizar (Foto: Paula Cardoso)

Além do sabão artesanal, Maria revende produtos de higiene e limpeza de uma empresa parceira. Com o aumento de pedidos, ela aprimorou os produtos que agora possuem embalagem e etiqueta própria, com o nome Higor Bom. 

Segundo a artesã, a marca foi dada em homenagem ao seu filho de 10 anos, Igor José, que já sai pra negociar com a mãe. Inclusive, com essa nova roupagem, o sabão caseiro está sendo comercializados por mercearias e mercados da região do Parque São Paulo. 

"Eu quero fazer tudo aqui no Parque São Paulo primeiro, para depois sair para outros bairros, pois são pessoas que acreditaram no meu projeto", ressalta.  

Quem anda pelo comércio do bairro encontra o sabão artesanal sendo vendido entre R$ 2,50 e R$ 3,00 a unidade. A operadora de caixa de uma mercearia do bairro, Lisiana da Silva diz que o produto é muito procurado e que a parceria está dando certo. 

"A Maria é do bairro, todo mundo a conhece aqui. É um amor de pessoa e fez essa parceria, que graças a Deus, está dando certo", ressalta.   

O grande objetivo de Maria é gerar renda e empregar mulheres com mais de 50 anos (Foto: Paula Cardoso)
Agora que o comércio do sabão mostrou resultado, Maria quer expandir. Ela conta que tem um projeto de construir um barracão em uma área do bairro que deve acolher um grupo de artesãos do Parque São Paulo. O prazo pra que tudo se concretize é de seis meses. E ela explica que o objetivo é contratar mulheres acima de 50 anos, já que nesta idade é difícil encontrar um emprego.  

O próximo passo de Maria é abrir a sua própria empresa, começando como Micro Empreendedora Individual (MEI). Segundo a analista de negócio do Sebrae, Natália Lucas Bessa, o MEI se tornou um dos maiores programas de inclusão social do país e que o perfil de Maria é de uma MEI em potencial.

"A dica que eu dou é que ela procure o Sebrae e faça a formalização, porque aqui ela consegue trabalhar de maneira legalizada", explica.
Um levantamento realizado pelo Sebrae revela um aumento no número de MEI´s em Araraquara. Em 2019, foram 12.223 pessoas que se tornaram microempreendedores. Deste total, 48% são mulheres.  

"Entre dezembro do ano passado e junho deste ano o número de MEI passou de 12.223 para 13.554 um aumento de 11%. Acredito que cada vez mais as pessoas estão procurando uma forma de empreender, seja por necessidade ou pelo desejo de ter um negócio próprio", explica. 

Maria afirma que irá se registrar como MEI e que seu maior objetivo é ajudar mais gente na geração de renda.  

O telefone pra mais informações sobre o programa descomplique ou outros de apoio ao microempreendedores é o (16) 99219-4117.

Mais do ACidade ON