Aguarde...

cotidiano

Solidariedade em tempo de quarentena do coronavírus

O isolamento social pode ter esvaziado ruas e estabelecimentos, mas está longe de esvaziar o coração daqueles que gostam de fazer o bem

| ACidadeON/Araraquara

Máscaras doadas pela Lupo serão usadas por profissionais da Santa Casa de Araraquara (Foto: Divulgação)
 
Na primeira semana da quarentena, imposta pelo decreto municipal que autoriza apenas a abertura de comércios e serviços essenciais, instituições beneficentes de Araraquara sofreram com a queda do número de doações de produtos e sem ter como realizar eventos para angariar verbas, algumas locais começaram a gritar por socorro.  

"Com a divulgação de vocês [ACidadeON], a entidade passou a ter muitas doações. Eu diria que dobrou o volume, diante daquilo que vínhamos recebendo. Foram várias pessoas doando uma pequena quantidade de coisas, que no final deu um volume significativo de produtos", afirma César Henrique Berto, presidente do Lar Nosso Ninho.  

Berto explica que a entidade continua necessitando de doações, já que os atendidos continuam em quarentena, pois fazem parte do grupo de risco. "Além disso, a entidade está totalmente fechada, não estamos podendo abrir para realizar eventos beneficentes, que nos ajuda a pagar as contas e comprar aquilo que não chega por meio das doações", ressalta.    



O Nosso Ninho atende atualmente 19 pessoas, todas com alguma tipo de deficiência mental e que foram abandonadas por suas famílias. Todos os assistidos são adultos, mas que carregam consigo a inocência de uma criança.  

Eles comem, dormem e recebem acompanhamento psicológico no local, que depende de doações e da realização de eventos, para comprar aquilo que não chega por meio de doações.  

Atualmente, o lar necessita de materiais de higiene pessoal - como desodorante, sabonete e prestobarba - além de gêneros alimentícios como leite e bolacha.  

Quem puder realizar a doação, podem entregar qualquer um desses produtos no Nosso Ninho - localizado no quilômetro dois da Avenida Manoel de Abreu - ou entrar em contato pelo telefone 3324- 4546, para que uma equipe do Nosso Ninho busque os itens na casa do doador, por meio de agendamento.    



Santa Casa
Na Santa Casa de Misericórdia as necessidades são um pouco diferentes. No lugar de comida e produtos de higiene, a unidade de saúde necessidade de materiais de proteção - como luva, máscara e álcool em gel - para que aqueles que ficam na linha de frente desse combate, como atendentes, enfermeiros, técnico de enfermagem e médicos façam os atendimentos sem o risco de se infectarem.

De acordo com a Santa Casa, a campanha também ganhou as mídias e nesta semana ela alcançou um aumento de 10% em relação ao registrado na semana passada. "Nós estamos tendo uma resposta da comunidade araraquarense muito boa, tanto de empresários como da população em geral. Teve dias nesta semana que nossos telefones ficaram todos ocupados, devido ao grande volume de pessoas querendo ajudar", explica Valter Cury, provedor da Santa Casa de Araraquara  

No início desta semana, a Santa Casa ainda recebeu o apoio da Fábrica Lupo, que reativou uma seção fechada pela quarentena, para confeccionar máscaras para os profissionais do hospital.  

"A empresa tem nos ajudado espontaneamente há dois anos e agora eles chamaram funcionários para produzir máscaras e nos ajudar. Já foram entregues 300 máscaras e já estão para entregar mais mil unidades. Todos estão ajudando. Tem pizzaria e restaurantes, que estão doando alimentos para os nossos plantonistas. E nós só podemos agradecer a tudo que vem sendo feito pra gente. Acredito que isso irá nos ajudar a sair dessa crise, que deve durar mais um mês ou 40 dias", ressalta.  

De acordo com Cury, o principal produto pedido pela Santa Casa hoje é o material de proteção para os funcionários que atuam no hospital, afinal, eles estão na linha de frente dos atendimentos e ainda correm o risco de levarem a doença para a casa, onde muitos convivem com idosos.  

"A gente precisa desse material, que é básico, para nosso pessoal trabalhar", finaliza.

Mais do ACidade ON