Aguarde...

auto-on

Superesportivo atinge 532 km/h e bate recorde de velocidade

SSC Tuatara é equipado com um motor veoitão, de 5,9 litros, que gera nada menos que 1.775 cavalos com metanol

| Auto ON

 

A marca de 532,7 km/h foi alcançada pelo superesportivo numa estrada do Estado de Nevada, Estados Unidos

Quase 533 quilômetros por hora. Esse é o novo recorde de velocidade máxima batido por um carro de produção em série. A marca foi alcançada pelo superesportivo SSC Tuatara numa estrada do Estado de Nevada, Estados Unidos. O bólido atingiu 532,7 km/h e 508,7 km/h de média. Para haver a certificação é necessário que o concorrente percorra a estrada nos dois sentidos, para não ser beneficiado com os ventos.

O modelo é equipado com um motor V8, 5,9 litros que produz nada menos que 1.775 cavalos com metanol. Outro dado impressionante é o coeficiente aerodinâmico de apenas 0,279 Cx.
O superesportivo Tuatara foi pilotado piloto inglêns Oliver Webb, utilizando a mesma estrada na qual outro superesportivo, Koenigsegg Agera RS, em 2017 fez uma média bidirecional de 447,2 km/h e velocidade máxima de 457 km/h.
Webb conseguiu 484,53 km/h na primeira passagem, mas na segunda, em sentido inverso, levou o Tautara à incrível velocidade de 532,7 km/h.
Segundo Web, os ventos laterais prejudicaram o desempenho.
"Com melhores condições, o Tautara pode melhorar muito ainda" revelou o piloto.
O SSC Tuatara tem motor V8 de 5,9 litros que atinge 1775 cv com metanol E85 e muito baixo coeficiente aerodinâmico 0,279 Cd, fundamental para atingir velocidades tão altas.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON