Aguarde...

cotidiano

Serra Negra autoriza retomada de cursos e audiências públicas

Segundo o decreto nº 5.260, atividades e treinamentos de interesse público devem ocorrer em sistema híbrido, respeitando o distanciamento e o uso de máscara

| ACidade ON - Circuito das Águas

Vista de Serra Negra (Foto: Bruno Bueno)
A prefeitura de Serra Negra autorizou a retomada de audiências públicas, reuniões dos conselhos municipais, cursos e treinamentos de interesse público na estância. A medida foi publicada no decreto municipal nº 5.260 e determina que todos os protocolos sanitários, como o distanciamento social e o uso de máscara, sejam respeitados durante a realização das atividades. O decreto já está em vigor e segue até dia 31 de julho, segundo a publicação.

Além disso, o atendimento ao público nos estabelecimentos que oferecem serviços essenciais, como lojas de agropecuária, material de construção, material elétrico e hidráulico, pet shops, entre outros, foi estendido. Segundo o decreto municipal, os comércios deste setor podem funcionar das 7h às 18h, com ocupação máxima de 40% da lotação. Todos os estabelecimentos comerciais da estância devem autorizar a entrada de somente uma pessoa por família ou compra, de acordo com a publicação.

Segundo a determinação municipal, os comércios do setor alimentício, como bares, restaurantes, cafeterias, sorveterias, lanchonetes e pizzarias, podem operar com 50% da ocupação, com atendimento de segunda a domingo, das 10h às 22h, respeitando o máximo de quatro pessoas por mesa.

Os estabelecimentos ainda devem fixar em sua entrada uma placa com o horário de atendimento, seguindo as exigências estabelecidas no decreto. O consumo de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos está permitido e o serviço de entregas delivery dos alimentos e bebidas pode ser realizado até às 23h.

Ainda de acordo com a publicação, o controle de filas de espera, mesmo que ocorram fora do estabelecimento, é de responsabilidade do proprietário do comércio, assim como a fiscalização do uso de máscara facial. Focos de aglomeração e consumo de alimentos e bebidas nas filas estão proibidos.

Já os estabelecimentos como lojas, comércio varejista, floriculturas, relojoarias, lojas de conveniência, galerias, lojas de paisagismo e jardinagem, joalherias, lojas de roupas, calçados, tecidos, aviamentos, confecções, brinquedos, suplementos, cosméticos, laticínios e similares, podem funcionar com 50% de ocupação, das 9h às 19h.

O atendimento presencial em supermercados, mercados, açougues, hortifrutigranjeiros e similares deve obedecer a capacidade reduzida de 50%, com funcionamento das 6h às 20h. O consumo de alimentos no interior dos estabelecimentos permanece vedado. Padarias e lojas de conveniência devem respeitar a capacidade de 50%, com atendimento das 6h às 22h e consumo no local em mesas com até quatro pessoas.

Hotéis, pousadas, chalés e similares podem operar com 60% da capacidade diária, sendo proibida a realização de serviços de recreação, shows, eventos e atividades similares, assim como a concentração de pessoas em áreas em comum, como restaurantes, lanchonetes, academias e piscinas.

Academias de esportes de todas as modalidades e centros de ginástica também podem prosseguir com o atendimento das 7h às 20h, com capacidade de 40%. Os salões de beleza e barbearias e similares podem atender individualmente, mediante agendamento, até às 19h, sendo proibida a espera de clientes dentro dos comércios.

Os templos e cultos religiosos estão autorizados a aumentar a capacidade máxima e o número de fiéis a 50% da ocupação, segundo o decreto municipal. A duração das atividades deve ser de, no máximo, 60 minutos em cada culto, com intervalo de duas horas e encerramento às 21h.

Segundo o decreto municipal nº 5.260, permanece mantida a proibição de circulação e permanência de veículos de turismo, tais como vans, ônibus e micro-ônibus até o dia 31 de julho, com exceção aos transportes de passageiros com reserva de hospedagem em Serra Negra. Demais medidas anunciadas em publicações municipais anteriores também seguem em vigor, de acordo com a prefeitura.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON