Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Após cirurgia, dirigente diz que pilota alemã não corre risco de perder movimentos

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A alemã Sophia Floersch passou por uma cirurgia bem-sucedida e não corre risco de perder os movimentos após o grave acidente que sofreu neste domingo (18), durante o Grande Prêmio de Macau de Fórmula 3.As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (19) à rede de TV britânica BBC pelo proprietário da Van Amersfoort Racing, time pelo qual Sophia correu ao longo de 2018, Frits Van Amersfoort."Tudo está bem e em ordem", disse Van Amersfoort, segundo o qual o risco de paraplegia "era o principal temor". "É por isso que a operação precisou ser realizada rapidamente, porque havia o perigo de que (a medula espinhal) pudesse ter sido lesionada", explicou.O grave acidente sofrido no fim de semana provocou uma fratura de vértebra de Sophia Floersch. Para sanar o problema, os médicos utilizaram um osso de seu quadril, em uma operação que durou quase dez horas."Estamos extremamente felizes por ela agora estar se recuperando, e porque tudo foi muito bem. Não há qualquer medo de paralisia", disse Frits Van Amersfoort. "Tenho certeza de que Sophia vai (voltar a correr). Depois de algum tempo, é claro."No acidente, o carro de Sophia Floersch decolou ao atingir um adversário, saiu da pista e atingiu uma estrutura externa a uma velocidade estimada de 276 km/h. Para o dono da Van Amersfoort, "ela vai ter tempo suficiente para se recuperar".

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários