Família vai acionar prefeitura na Justiça pela morte de Maria de Lourdes

Mulher de 52 anos morreu após cair de moto que passou sobre buraco em rua do Parque Ribeirão, zona Oeste de Ribeirão Preto

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Wesley Alcântara

Familiares de Maria de Lourdes Feliciano, de 52 anos, que morreu na tarde de sábado (15) depois de cair de moto em decorrência de um buraco no asfalto, vão acionar a Prefeitura de Ribeirão Preto na Justiça para pedir indenização. Esse é o segundo caso de morte que ocorre neste ano devido aos buracos na malha viária (leia mais abaixo).

A mulher será enterrada nesta segunda-feira (17), às 10h, em Dobrada (SP), onde também está sendo velada.

LEIA TAMBÉM

Motociclista morre depois de cair em buraco no Centro de Ribeirão

Prefeitura tapa buraco que causou acidente de Edward

'Esperaram o Edward morrer para tapar o buraco', diz padrasto

A sobrinha de Maria de Lourdes, Patrícia de Melo Souza, diz que existe a pretensão de ajuizar a ação. “A morte de minha tia foi uma fatalidade que poderia ter sido evitada, desde que a prefeitura cumprisse com sua obrigação de tapar os buracos. É um absurdo.”, afirmou.

Acidente

Testemunhas contam que Maria de Lourdes seguia na garupa de uma Biz, que era pilotada por Robson Da Ora. Eles seguiram pela rua José de Assis Lemos, no Parque Ribeirão Preto, quando, ao se aproximarem do cruzamento com a Major Ricardo Guimarães, o piloto tentou frear ao perceber os buracos. A moto derrapou e ambos caíram.

A mulher sofreu lesões graves e morreu a caminho do hospital. Já o motociclista sofreu ferimentos na perna e foi encaminhado à UBDS da Vila Virgínia.

Sobre o episódio, a prefeitura lamentou o ocorrido e disse que tomará todas as medidas necessárias.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.