Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Seis papelarias de Ribeirão são autuadas na operação 'Volta às Aulas'

Proprietários têm 10 dias para apresentar defesa ao órgão e as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão

| ACidadeON/Ribeirao

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação/EPTV)
 

Seis papelarias de Ribeirão Preto foram autuadas pelo Ipem (Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo), entre segunda (4) e quinta-feira (7), durante a operação Volta às Aulas, deflagrada em todo o Estado. O objetivo é manter a segurança e evitar acidentes de consumo.  

Os comércios, localizados na avenida Saudade, Dom Pedro, rua Saldanha Marinho, Álvares Cabral e Coronel Luiz da Cunha, tiveram itens relacionados a material escolar inspecionados e infrações constatadas. A maioria delas por não apresentar selo de identificação do Inmetro.  

Dois estojos acabaram taxados como irregular por não constar razão social ou nome fantasia do fabricante e quantitativo do produto cancelado. As notificações foram feitas em comércios diferentes.  

Borrachas, canetas esferográficas e hidrográficas, compassos, esquadros, giz de cera, lapiseira, lápis de cor, lápis preto, marcadores de texto, lancheiras, pasta com aba elástica, réguas, tesoura de ponta redonda, tinta guache e mais foram analisados.  

Agora, os proprietários têm 10 dias para apresentar defesa ao órgão, segundo a nota oficial da operação. As multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.  

Em todo o Estado  

Os números estaduais são ainda mais expressivos: 55.704 materiais foram verificados, sendo 1.300 reprovados em 117 lojas. Essa parcela de erros foi encontrada em 37% dos estabelecimentos visitados no período pelas equipes.  

Essa é uma maneira de proporcionar "segurança aos pais ou responsáveis de crianças e adolescentes ao adquirirem produtos. Foram diversos testes e, desta maneira, receberam o selo do Inmetro. Vale lembrar que os itens compõem a rotina de fiscalização das nossas equipes, portanto, estão sendo monitorados o ano todo. Intensificamos a fiscalização devido à grande procura na volta às aulas", explicou o superintendente Ricardo Gambaroni.  

Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da ouvidoria, pelo telefone 0800 013 0522, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo e-mail.  

SERVIÇO
Denuncie ao Ipem  

TELEFONE: 0800 013 0522
de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
EMAIL: ouvidoria@ipem.sp.gov.br

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook