Aguarde...

vidaeestilo

Para conhecer um novo Nordeste

Novo roteiro Turístico propõe passeios por diferentes praias nordestinas em 14 cidades, de Santo Amaro, no Maranhão, a Jijoca de Jericoacoara, no Ceará

| ACidadeON/Ribeirao

Praias nordestinas são opção para roteiro turístico (foto: Prefeitura Municipal de Barreirinhas / divulgação)
 

Um ponto turístico nordestino já é o suficiente para animar qualquer turista. Agora, imagine 14 cidades. É o que oferece a Rota das Emoções, excursão que passa por locais paradisíacos dos Estados de Maranhão, Piauí e Ceará. O roteiro pode ser desbravado na íntegra ou por partes, dependendo do gosto e da disponibilidade do viajante.  

Uma das principais características do passeio é que, tirando a região de Jericoacoara, no Ceará, todos os outros locais são praticamente desconhecidos, fora do circuito de praias caras e badaladas. "Conheci primeiro os lençóis maranhenses e foi lá que eu descobri a rota. Eu digo que vale a pena", conta a publicitária Regina Mendes, 41 anos.  

Ela percorreu, com uma agência de turismo, quase o trajeto todo, que liga a cidade de Santo Amaro, a 233 km da capital do Maranhão, São Luís, até Cruz, a 235 km da capital cearense, Fortaleza.  

Regina chegou a Jijoca de Jericoacoara. "Não é cansativo. A cada ponto, é possível encontrar praias de diferentes estilos e a novidade dá energia."  

O bancário Vinicius Bito Trindade, 38 anos, fez a rota completa duas vezes. "Não é um roteiro badalado. O curioso é que, em ambas as vezes, vi mais estrangeiros do que brasileiros", lembra ele, que fez o trajeto em 2010 e em 2016. "A paisagem dos lençóis maranhenses é a mais bela que já vi no Brasil", relata.    

Dunas de Barreirinhas (foto: Prefeitura Municipal de Barreirinhas / divulgação)

A Rota das Emoções engloba quatro cidades que fazem parte dos lençóis maranhenses: Santo Amaro, Barreirinhas, Paulino Neves e Tutóia. Nesses municípios, o turista vai encontrar farta natureza nativa, em especial dunas de areias finas e lagoas de águas verdes cristalinas.
Em Barreirinhas, há ainda o rio Preguiças, com passeios de balsa e lancha entre R$ 30 e R$ 80. Lá, monitores falam da fauna e da flora.  

A rota continua em Araioses, ainda em solo maranhense. Antiga vila de pesca, a cidade também recebe as belezas do mar, mantendo a simplicidade da vida dos pescadores.  

O passeio passa para o Piauí na cidade de Parnaíba, que ganha o nome do rio que a banha. Um dos municípios mais populosos do Estado, ele conserva construções dos séculos 18 e 19. "É um lugar de praia, mas parece uma cidade pequena do interior", lembra a administradora Maria Rosa Teixeira, 56 anos, que esteve lá, em 2015, por dois dias. "Uma pena eu não conseguir aproveitar mais a tranquilidade e os peixes deliciosos."  

Depois de passar por Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia, ainda no Piauí, a rota segue no Ceará, nas cidades de Chaval, Barroquinha, Camocim, Jijoca de Jericoacoara e Cruz. Todas elas recebem as águas do mar.  

Formação rochosa é um dos destaques entre as belezas naturais de Jijoca de Jericoacoara (foto: divulgação)

 
Simplicidade marca lugares do passeio  

A Rota das Emoções tem como uma de suas principais características passar por lugares pouco badalados do turismo brasileiro. Com isso, todos eles permitem ao turista o contato com a natureza intocada. E a população local ainda guarda costumes de seus ancestrais.  

"Em cada cidade, encontrei um povo bastante hospitaleiro. Estão sempre dispostos a ajudar quem está em busca de alguma informação", conta a publicitária Regina Mendes, 41 anos.  

Ela, que visitou grande parte da rota, conta que as estruturas são pequenas, mas nem por isso deixam de atender às necessidades dos visitantes. "A comida é farta, tem gosto de caseira e conta bastante dos costumes locais. Os cozinheiros fazem questão de falar como aquele prato foi feito."  

Já o bancário Vinicius Bito Trindade, 38 anos, fez as duas viagens na Rota das Emoções por conta. Ele lembra que mesmo quem não viaja com uma agência pode contratar serviços locais. Com parentes na região do Parnaíba, Vinicius é fã do passeio. "Não é o Nordeste típico nem a região Norte que se costuma imaginar. É a mistura dos dois estilos."

Jericoacoara é a estrela do trajeto

O único ponto estrelado da Rota das Emoções é Jijoca de Jericoacoara, no Estado do Ceará. A cidade, fundada apenas em 1991, é uma vila de pescadores distante 287 km da capital, Fortaleza, e que costuma encher os olhos dos visitantes com belezas naturais, sobretudo na praia com o mesmo nome do município.  

"Sou cearense e nunca tinha ido lá. Fui em 2014 e fiquei encantado. Nas praias, é possível tomar um banho delicioso, pois a água do mar está sempre em temperatura gostosa", afirma o comerciante João Bastos, 47 anos, que há 32 anos mora em São Paulo.  

Um dos destaques das belezas naturais é a Pedra Furada. "Tem uma sombrinha que é uma delícia", diz Bastos. Os visitantes podem ir a outras belezas nos buggys. Eles já têm trajetos definidos e podem cobrar R$ 30 por pessoa, dependendo da distância.

Mais do ACidade ON