Aguarde...

Cotidiano

Estado lança plano de vacinação contra a Covid; entenda

Em reunião desta quarta-feira (6), o secretário de Saúde Jean Gorinchteyn detalhou o processo de imunização que começa em 25 de janeiro

| ACidadeON/São Carlos

Airton Garcia (PSL) acompanha reunião virtual com governador João Doria. Foto: Divulgação/Prefeitura

O governador João Doria reuniu prefeitos dos 645 município do Estado para discutir sobre como deve funcionar a vacinação contra a Covid-19. O prefeito de São Carlos (SP), Airton Garcia (PSL), e o vice-prefeito Edson Ferraz, também participaram.  

No evento, o secretário de Saúde Jean Gorinchteyn detalhou o Plano Estadual de Imunização (PEI) para combater a Covid-19.  

Entenda como deve funcionar:
O público-alvo desta 1ª fase da vacinação são os idosos de 60 anos ou mais, trabalhadores da área da saúde, indígenas e quilombolas. No Estado, os grupos somam 9 milhões de pessoas.  

A primeira fase deve ter duração de nove semanas, entre 25 de janeiro e 28 de março de 2021, e serão duas doses por pessoa em um intervalo de 21 dias e escala por faixa etária, com prioridade para os trabalhadores da saúde. (Veja a tabela completa abaixo)  

"Os trabalhadores da área da saúde são médicos, enfermeiros, técnicos, mas também toda a população que trabalha em unidades hospitalares", explicou o secretário da saúde.

Vacinação comena em 25 de janeiro de 2021. Foto: Reprodução/Governo do Estado

No Estado, serão 5.200 postos de vacinação já existentes, com ampliação para até 10 mil locais utilizando escolas, quartéis da PM, estações de trem e terminais de ônibus, farmácias e sistema drive-thru. Os horários serão de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 7h às 17h.  

Segundo o Governo, serão 18 milhões de doses de vacina, 54 mil profissionais de saúde, 27 milhões de seringas e agulhas, 5.200 câmaras de refrigeração e 25 mil policiais para escolta das vacinas e segurança.  

Testes e resultados
Segundo o governo estadual, 77% dos óbitos de coronavírus no Estado de São Paulo se concentram no primeiro público escolhido para vacinação. 

Ainda de acordo com o Estado, Os estudos da fase 1 e 2 com mais de 50 mil voluntários demonstraram que 94,7% não tiveram nenhum evento adverso, sendo que 99,7% dos eventos adversos observados foram de baixa gravidade, como dor no local e dor de cabeça  

Outros países também vão utilizar a CoronaVac. A China já iniciou a imunização em massa, enquanto a Indonésia e a Turquia devem iniciar ainda neste mês. Atualmente, mais de 50 países já estão vacinando a população.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON