Aguarde...

Cotidiano

Prefeitura desenvolve "catador de metais" que vai tirar pregos de estradas rurais

Equipamento é acoplado e rebocado por um trator; na base, foram instaladas duas placas magnéticas que funcionam como imãs e sugam o material metálico

| ACidadeON/São Carlos

Implemento acoplado em trator remove metais de estradas. (Foto: Divulgação / Prefeitura)
A Secretaria de Agricultura e Abastecimento desenvolveu o equipamento que servirá para sugar qualquer tipo de material metálico que fica espalhado nas estradas rurais, como pregos e parafusos, além de outros materiais cortantes, e que, muitas vezes, furam pneus de veículos, máquinas e implementos, gerando transtorno e prejuízo para moradores e trabalhadores da área rural.

Operação
Durante a manutenção nas estradas rurais, logo depois que a motoniveladora, máquina que faz o serviço de terraplanagem e esparrama o agregado reciclado misto, entra em ação o "captador de metais".

O equipamento é acoplado e rebocado por um trator. Na base, foram instaladas duas placas magnéticas que funcionam como imãs e sugam o material metálico. A máquina tem 99% de eficiência na captação desse material, e foi desenvolvida e montada em etapas por funcionários da própria Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

O custo total foi de R$ 27 mil, dos quais, R$ 7 mil na estrutura em si, e mais R$ 20 mil pelas metálicas, cada uma tem altura de 20 centímetros, 1 metro e 20 centímetros de comprimento e 40 centímetros de largura.

Segundo o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Paraná Filho, hoje, no mercado, até existem máquinas que fazem esse serviço, só que o valor é alto demais. "Por isso, a opção da Secretaria foi desenvolver de forma caseira e bem mais barata, com um valor 50 ou até 60% menor do que um implemento similar comprado em fábrica ou loja especializadas".

O secretário ainda agradeceu e parabenizou os funcionários envolvidos na criação do captador, e também disse que, com essa medida, está sendo atendida uma reivindicação antiga de quem mora ou trabalha perto das estradas rurais de São Carlos.

"Havia muitos relatos de prejuízos constantes, já que esses materiais são, na maioria dos casos, os grandes responsáveis pela quantidade de pneus furados, não apenas de veículos de passeio, mas, também, de máquinas, implementos e até tratores. Essa, portanto, acreditamos, é uma atitude singela, mas muito significativa para nossas estradas rurais e toda a população que as utiliza, por lazer ou trabalho", finaliza o secretário.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON