Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Generais, comandantes e responsáveis pela segurança pública estão em São Carlos

Autoridades se reúnem na UFSCar para o 1º Fórum de Segurança e Defesa. O objetivo é encontrar soluções e estabelecer metas.

| ACidadeON/São Carlos

Fórum contou autoridades das áreas de segurança e defesa - Foto: ACidade ON São Carlos

Começou na quinta e termina nesta sexta-feira (15), o 1º Fórum de Defesa e Segurança, em São Carlos. O evento reúne autoridades de todo o País para debater soluções e metas para a segurança pública e faz parte da solenidade de inauguração do Núcleo de Estudos Estratégicos em Defesa e Segurança (NEEDS), incubado dentro da Universidade Federal de São Carlos. O objetivo deste novo núcleo é analisar, pesquisar e encontrar soluções para a temática, tamanha a sua relevância dentro da sociedade.  

Nascido na cidade de San Carlo, no Uruguai, o professor Fernando Araújo Moreira, coordenador do NEEDS, é um dos pesquisadores mais influentes na área, tido no meio acadêmico como um reconhecido especialista em segurança pública do País. "A gente criou esse núcleo há mais ou menos um ano, mas estamos fazendo a inauguração nacional agora. É um núcleo de inteligência que discute os problemas do Brasil e internacionais também, da defesa nacional, defesa pública e segurança civil. A gente não convida instituições, convida pessoas, pensa problemas sociais. A ideia nossa é dar subsídios para encontrar as soluções dentro da área", explica o acadêmico.  

Com foco principal para a pesquisa, o núcleo reúne integrantes militares, da administração pública, da iniciativa privada de setores da sociedade civil. Fernando ressalta que a intenção é oferecer um olhar holístico, integrado, multidisciplinar e transdisciplinar acerca da defesa nacional e segurança pública. "Não conheço nenhum outro grupo com essa formação, tão abrangente e com o mesmo nível de analistas. Temos analistas muito bons do Brasil e do exterior também, existem pessoas do sul, do nordeste, de Portugal, da Alemanha e de vários outros lugares", garante o coordenador.  

A solenidade foi marcada pela presença de oficiais com altas patentes dentro da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, Aeronáutica, Marinha e Exército Brasileiro, além de representantes da Polícia Federal, do Estado e da sociedade civil e acadêmica. Um dos presentes, o general de divisão da reserva do Exército Brasileiro, Eduardo Diniz, falou sobre a importância de se quebrar paradigmas e aproximar a temática sugerida da população.  

"A importância desse núcleo é levar para o ceio da nossa academia dois assuntos de relevada importância. A segurança pública, o cidadão brasileiro hoje sabe qual é a importância dela, por conta de termos mais de 60 mil mortes violentes por ano. Então é algo que está presente no nosso dia a dia. Mas a questão da defesa não é um assunto que empolga muito os brasileiros, por conta de vivermos em paz no continente sul-americano, mas não devemos deixar de lado, porque quando risco aparece, não dá tempo de fazer muita coisa", acrescentou o general.   

Municipalização

Outro general que marcou presença, foi o secretário de segurança pública do Estado de São Paulo. Em discurso, o general Campos defendeu a municipalização da segurança pública para melhor aplicação da prevenção, tomando como positiva a participação de todos os cidadãos. O secretário citou o artigo 144 da Constituição Federal, dizendo que a Lei é clara quando determina que a segurança não é apenas um direito, mas também um dever de todos.  

"A segurança pública não é um fim, mas um meio. O fim está na proteção das pessoas, do patrimônio, dos sonhos e das esperanças do povo. Há nesse contexto o papel da municipalização, não com o objetivo de transferir a responsabilidade aos municípios, mas sim de coloca-los dentro do contexto. A segurança pública acontece e nasce onde as pessoas moram", explicou.  

São Carlos possui a recém-criada Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, sob a gestão do tenente-coronel da PM Samir Gardini, também presente no evento. Essa é uma das ações consideradas como positiva pelo general Campos. Dessa forma, garantem as autoridades ser possível aperfeiçoar o sistema de segurança pública por meio de um conjunto integrado de propostas e ações que articulem políticas de segurança, políticas sociais e ações de integração e colaborarão comunitárias, que contribuam para otimizar os recursos e meios destinados a prevenir e reprimir a criminalidade. Outra ação destacada é a da própria Polícia Militar, que desenvolve a "Vizinhança Solidária", que visa unir os moradores dos vários bairros da cidade para atuar na prevenção do crime diretamente ao lado da força policial.     

Solenidade foi realizada na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) - Foto: ACidade ON São Carlos

Suzano

Como não poderia ser diferente, o secretário comentou o massacre ocorrido na última quarta-feira (13), onde dois atiradores invadiram a escola Raul Brasil, na cidade de Suzano e abriram fogo contra estudantes e funcionários. Ao todo, oito pessoas foram mortas, sendo elas cinco estudantes do Ensino Médio, duas servidoras públicas e um comerciante, o qual era tio de um dos criminosos.  

"Foi um evento absolutamente atípico, anormal, de difícil entendimento, de difícil compreensão, até de difícil prevenção. O que nos cabe é lamentar e ver quais ações podemos tomar para tentar evitá-lo no futuro, mas hoje cabe refletir, lamentar e chorar pelas famílias das vítimas, pelas famílias dos estudantes, pela população de Suzano e pelas famílias paulista e brasileira por algo tão triste, inusitado e tão marcante que, lamentavelmente, aconteceu dentro do nosso Estado", finalizou.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON