Publicidade

cotidiano

Santa Casa retoma cirurgias de catarata no dia 18 de setembro

Força-tarefa será realizada aos finais de semana para atender pacientes; confira

| ACidadeON/São Carlos -

 

A primeira etapa da força-tarefa começa com os exames para definir o tipo de lente necessária para cada paciente. Foto: Assessoria Santa Casa

A Santa Casa criou uma força-tarefa para atender quem aguarda por cirurgia de catarata. O hospital tem, atualmente, uma fila de 139 pessoas à espera desse procedimento. Uma oportunidade para que esses pacientes voltem a enxergar normalmente e reconquistem a autonomia e qualidade de vida perdidas com a doença.

As cirurgias vão começar nos dias 18 e 19 de setembro e serão feitas aos finais de semana, com previsão de término em outubro. O procedimento dura, em média, 15 minutos. E a recuperação do paciente também é rápida e leva, no máximo, 1 mês.

"Nos últimos dois meses, enquanto as cirurgias estavam suspensas, fizemos a readequação dos equipamentos e restabelecemos o fluxo para a compra de medicamentos e materiais. Além disso, também realizamos a revitalização do Centro Cirúrgico. Agora, com tudo isso alinhado, vamos poder retomar os procedimentos", afirma o Diretor Técnico da Santa Casa, Vitor Marim.

Durante este período, os serviços ambulatoriais e de urgência e emergência foram mantidos. No Ambulatório de Especialidades, foram feitos 226 atendimentos em julho e 272 atendimentos em agosto. Com relação à urgência e emergência, foram 66 atendimentos em julho e 73 em agosto.

A CATARATA
 
A catarata é uma doença caracterizada pela perda da transparência do cristalino e é uma das principais causas de cegueira no mundo. Os principais sintomas são visão nebulosa e visão dupla, dificuldade para ler, andar, dirigir e sensibilidade à luz. A cirurgia consiste na substituição do cristalino por uma lente artificial.

"À medida que a pessoa envelhece, principalmente após os 60 anos, ela tem a tendência de desenvolver catarata. E ela atrapalha muito a qualidade de vida das pessoas, porque é um tipo de deficiência visual, que não tem outro recurso para correção a não ser a cirurgia. Depois do procedimento cirúrgico, diminui o risco de quedas, de acidentes, além de devolver ao paciente, a possibilidade de retomar as atividades do dia a dia", afirma o coordenador do Serviço de Oftalmologia da Santa Casa, Rafael Henrique Dupim Krasouski.

A primeira etapa dessa força-tarefa já se inicia na próxima segunda-feira (6) com a realização de exames para definir o tipo de lente necessária para cada paciente. E todos os pacientes já estão sendo comunicados pela equipe de oftalmologia para fazerem esses exames pré-operatórios.

Para Talita Azorli, Coordenadora da Central de Regulação e Agendamento da Santa Casa, a realização das cirurgias aos sábados e domingos mostra o empenho do hospital em retomar os trabalhos.

"Decidimos realizar essa força-tarefa aos finais de semana, para que esses pacientes, que já estão há bastante tempo aguardando pelas cirurgias devido à pandemia, possam passar pelo procedimento cirúrgico e ter em breve mais qualidade de vida. E o nosso objetivo é retomar as cirurgias de forma programada e com excelência", afirma.

Mais notícias


Publicidade