Aguarde...

cotidiano

Após discurso de Bolsonaro, São Carlos vai manter medidas de isolamento

Presidente criticou o fechamento do comércio e escolas em rede nacional, na terça-feira (24).

| ACidadeON/São Carlos

São Carlos. Foto ilustrativa
 

Após o discurso do presidente Jair Bolsonaro de que o Brasil não pode parar por conta do novo coronavírus, a Prefeitura de São Carlos informou, por meio de nota, que continua seguindo as orientações do Ministério da Saúde e as medidas de comprovado sucesso executadas por outros países que sofreram com o Covid-19.  

Através de decretos, o prefeito Airton Garcia (PSB) já determinou o fechamento do comércio, de indústrias e também a suspensão da construção civil na cidade.  

Por conta disso, apenas os serviços considerados essenciais continuam operando em São Carlos.  

Polêmica em rede nacional  

Na noite de terça-feira (24), em discurso transmitido em rede nacional de rádio e televisão, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que "alguns poucos governadores e prefeitos precisam rever a decisão de fechar comércios e impor o isolamento das pessoas em suas casas".  

Além disso, ele questionou o fechamento de escolas. "A maioria das vítimas são idosos. Por que então fechar as escolas?", declarou Bolsonaro - ignorando o fato de que crianças e adolescentes podem ser transmissores do vírus para seus avós, por exemplo.

Mais do ACidade ON