Aguarde...

cotidiano

Trabalhos na área do acidente continuam nas próximas horas, diz Bombeiros

Corporação finalizou a remoção de vítimas; perícia e Polícia Rodoviária estão no local; limpeza e liberação deve acontecer ainda hoje

| ACidadeON/São Carlos

Última vítima foi retirada das ferragens antes das 21h. Foto: CBN São Carlos
Quatro pessoas foram removidas de ferragens em dois veículos envolvidos no grave engavetamento que ocorreu na Rodovia Washington Luís (SP-310), em São Carlos (SP), na noite deste sábado (8).

Segundo o subtenente Ricardo Alexandre Rombotis, do Corpo de Bombeiros, 13 militares da corporação trabalharam no resgate de feridos, todos eles encaminhados para Santa Casa da cidade. Policiais rodoviários, equipes da concessionária que administra a rodovia e o Samu participaram o esforço para remoção dos pacientes.

Por volta das 20h45, a última vítima, passageiro de um Hyundai HB 20, foi removido e levado para a Santa Casa. (Veja o vídeo abaixo).
 


"A última vítima estava com fratura grave no fêmur, bem importante e uma fratura de tíbia. O companheiro dele, que estava dirigindo, estava com fratura importante no membro superior, no braço", relata.

Outros dois passageiros foram removidos de outro automóvel. Eles foram levados para o hospital.

Nenhum dos passageiros se encontrava em estado grave.
 
 
"Havia quatro presos em ferragens, dois em cada veículo e um caminhoneiro retido com dores pelo corpo um pouco mais a frente", conta.

Segundo o subtenente, cada viatura ocupou-se de um veículo para a remoção de presos em ferragens. O trabalho em várias frentes permitiu a retirada rápida dos feridos. "Tivemos que ter muita cautela, até para não agravar os ferimentos, mas deu tudo certo".

Após a remoção dos feridos, entram na área do acidente peritos para avaliar as causas do engavetamento. Policiais militares rodoviários continuam no local para a realização de sinalização.

Os trabalhos na rodovia devem continuar nas próximas horas. Equipe da concessionária que administra a via realizarão a limpeza do local e, na sequência, a liberação.

*Reportagem em atualização.  
 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON