Publicidade

cotidiano

Polícia Ambiental recupera 39 aves em cativeiro em São Carlos

Um dos proprietários alegou que mantinha as aves nas gaiolas por hobby; três pessoas foram autuadas

| ACidadeON/São Carlos -

Polícia Ambiental recupera 39 aves em cativeiro em São Carlos. Foto: Divulgação

A Polícia Militar Ambiental recuperou 39 aves que estavam sendo mantidas irregularmente em cativeiro em São Carlos. A ação, que faz parte da Operação Gaia, aconteceu na terça-feira (10). Três pessoas foram autuadas. (Veja fotos) 

Na primeira ocorrência, foram encontradas duas maritacas em cativeiro. Questionado, o proprietário relatou que ganhou as aves quando ainda eram filhotes e desconhecia da irregularidade. 

Na segunda ação, as equipes estavam em patrulhamento e flagraram outras 37 aves nativas também em cativeiro. O proprietário disse que capturou as aves em uma propriedade rural próximo a sua casa e que as mantinham e gaiola "por hobby". 

Já na terceira, as equipes flagraram mais duas aves sendo mantidas em cativeiro. Neste caso, o proprietário apenas disse ter as adquirido de uma pessoa, mas não apontou quem seria. 

Os três proprietários foram autuados com base no Artigo 25 da Resolução Sima e Artigo 29 da Lei Federal 9.605/98. Todas as aves, com exceção das duas maritacas, foram reintroduzidas em seu habitat natural.  


Sobre a operação
A Operação Gaia foi realizada nos dias 9, 10 e 11 de maio, em comemoração ao aniversário do 4º Batalhão da Polícia Ambiental. O objetivo é fiscalizar denúncias de possíveis crimes contra a fauna e a flora nas regiões de Ribeirão Preto, São Carlos e Araraquara. 

Ao todo, aproximadamente 20 municípios da região tiveram as áreas rurais fiscalizadas e também foram cumpridos mandados de busca e apreensão com foco em infratores de caça e pesca.  

Hoje (11), as equipes realizaram a soltura das aves objeto de infrações ambientais em asilos ou casa de crianças carentes.


Publicidade