Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Esportes

Paratleta de São Carlos busca classificação nos Pan-Americanos

Samirian Grimber perdeu os movimentos do pé e do joelho esquerdo em um acidente de moto e decidiu investir no esporte após assistir uma propaganda na televisão

| ACidadeON/São Carlos

Paratleta de São Carlos busca classificação nos Pan-Americanos
Uma paratleta de São Carlos está competindo em busca de classificação para os Jogos Pan-Americanos. Após perder os movimentos do pé e do joelho esquerdo em um acidente de moto, a terapeuta ocupacional Samirian Grimberg teve o interesse pelo esporte despertado a partir de uma propaganda das Paraolimpíadas na televisão, em 2012. Desde então, vem conquistando campeonatos e agora participa da etapa brasileira dos Parapan-Americanos.  

Um ciclista de elite é facilmente identificado pela roupa, pelo jeito de segurar a bicicleta e, principalmente, ao falar sobre o treino. "Chega a cinco ou seis horas no fim de semana. Mas durante a semana é, no mínimo, duas horas por dia. Duas ou três", contou a médica e professora universitária Esther Ferreira.   

Paratleta de São Carlos busca classificação nos Pan-Americanos


Esther vai encarar um triatlo de alta intensidade: cerca de 90 quilômetros de bicicleta. A preparação é desgastante, muito semelhante a que é feita pela paratleta Samirian Grimberg. "Segunda, quarta e sexta eu faço treinos de força e explosão na academia, trabalhando sempre cargas de muita força e potência muscular. Terça, quinta, sábado e domingo são meus treinos de bicicleta. Em torno de duas horas e meia a quatro horas de treino", explicou.  

Mesmo sem ser conhecida, Samirian é admirada pela forma que pedala e pode representar o país no esporte de ponta. "O desempenho dela é muito melhor do que o nosso. Então, eu fico pensando na dificuldade que ela já tem e mesmo assim ainda é muito boa em comparação com muita gente. Com certeza ela é ótima", falou Esther.   

Paratleta de São Carlos busca classificação nos Pan-Americanos

 
Superação
A maior diferença entre as atletas Esther e Samirian é notada na bicicleta. Um dos pedais de Samirian é fixo e não se mexe. Toda a força é feita pela perna direita, voltada para a roda traseira como qualquer bicicleta comum. Essas características chamam a atenção de quem observa "As pessoas acham que é uma técnica de ciclismo, um treino regenerativo. Me perguntam o motivo e aí sim eu explico que sou deficiente físico. Não percebem", conta Samirian.  

Após sofrer um acidente de trânsito, Samirian teve vontade de se tornar uma ciclista após assistir a uma propaganda das Paraolimpíadas em 2012. "Eu cheguei em uma alta performance exemplar em 2016. E aí essa busca, esse sonho, persistiu de forma mais madura e experiente", lembrou.  

Paratleta de São Carlos busca classificação nos Pan-Americanos


Nesse tempo, Samirian foi aperfeiçoando a técnica. E deu certo: hoje ela acumula medalhas e campeonatos. As mais novas são as da Copa Brasil de Paraciclismo, realizada em Brasília. Samirian conquistou a primeira colocação e duas provas. "É um percurso muito técnico, de 2,5 km de subidas e falso plano. Eu tive um desempenho que me surpreendeu muito, por suportar o calor e a secura do ar. A conquista dessas duas medalhas me traz uma pontuação muito significativa e que faz com que eu vá aumentando as possibilidades do ranking brasileira", comentou.  

Além das provas contra-relógio e estrada, Samirian também já treina pista. As três são categorias importantes nacionalmente que podem destacar ainda mais a paratleta em competições com a seleção brasileira. "Dentro da minha categoria hoje são duas representantes. Eu aqui em São Carlos e uma outra representante no Paraná", explicou.  

Indo além a cada pedalada, Samirian está chegando longe e pode ser que vá ainda mais. O Parapan-Americanos acontece em agosto e duas vagas estão em jogo. "Existe chance, com certeza, e muita vontade, eterna", finalizou.  



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON