Aguarde...

Política

Airton Garcia participa de teleconferência com João Doria

Flexibilização gradual da quarentena e reabertura do comércio a partir de 11 de maio foram alguns dos temas discutidos

| ACidadeON/São Carlos

Airton Garcia (PSL) participa de teleconferência com Doria. Foto: Divulgação
 

O prefeito Airton Garcia participou na manhã desta terça-feira (28), da teleconferência realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes, coordenada pelo governador João Doria, sobre ações relativas ao enfrentamento ao novo coronavírus. 

Participaram da teleconferência 31 prefeitos de cidades com mais de 200 mil habitantes que puderam expor suas ações e ouvir do governador os principais aspectos da flexibilização gradual e heterogênea da quarentena no Estado que prevê a possibilidade de reabertura de comércios e serviços não essenciais a partir do dia 11 de maio. 

"Estamos juntos nessa que é a pior crise de saúde, econômica e social do país. Em São Paulo não tomamos decisões de ordem política ou personalista. Tomamos decisões sempre amparadas na ciência e na medicina e é por isso que conseguimos o achatamento da curva. Estamos conseguindo salvar vidas aqui em São Paulo com a ajuda de vocês [prefeitos] e faço um agradecimento pelo apoio, consciência e atitude de todos nas suas cidades e regiões", disse Doria na abertura da teleconferência. 

"O isolamento social é fundamental. Cidades que estão mantendo o índice entre 60% e 70% serão cidades com mais oportunidades de flexibilização do que aquelas que não estão tendo o mesmo desempenho", declarou o governador. 

Airton Garcia expôs que o município já está realizando 10 mil testes tipo PCR em profissionais da saúde e pessoas internadas com suspeita da doença pelo Sistema Único de Saúde (SUS), um investimento de R$ 1,8 milhão; falou das parcerias com as universidades, instituições filantrópicas e iniciativa privada para o desenvolvimento de aplicativos para monitoramento do comportamento e atendimento social, produção de equipamentos hospitalares e equipamentos para proteção pessoal, além da contratação de leitos de UTI. 

"Também enviamos ao Governo do Estado um relatório completo da nossa situação e das nossas ações como do mapeamento da síndrome gripal com sistema de monitoramento de pessoas com sintomas, abastecido por todas as unidades municipais de saúde e também por hospitais privados; do trabalho de desinfecção com hipoclorito de sódio no entorno dos hospitais, unidades de pronto atendimento, velório municipal e demais vias públicas prioritárias; da fiscalização com operações diárias, disponibilização de leitos para profissionais da saúde, do vale alimentação que vamos distribuir para os 16 mil alunos das escolas municipais, das 1.000 refeições que estamos disponibilizando no Restaurante Popular do Antenor Garcia, além da aquisição de 5.000 cestas básicas para as famílias em vulnerabilidade social", ressaltou o prefeito de São Carlos. 

Na sequência o governador Doria e a equipe técnica apresentaram um detalhamento dos regramentos que vão nortear a flexibilização da quarentena em São Paulo e apresentaram os números da doença no estado. O panorama de disseminação do coronavírus no Estado de São Paulo exige cautela. Já foram contabilizados 24.041 casos confirmados e 2.049 mortes. Das 645 cidades paulistas, 305 tiveram pelo menos um caso da doença. Do total de infectados, 8.644 foram detectados em cidades do interior, litoral e Região Metropolitana da capital. 

Também participaram da reunião virtual, juntamente com o Governador Doria, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; o secretário da Saúde, José Henrique Germann; a secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes; e o Coordenador do Comitê de Saúde, Dr. David Uip.

Mais do ACidade ON