Publicidade

politica

Vereadora reitera a Doria pedido por AME Cirúrgico em São Carlos

Cidinha do Oncológico (PP) justifica que instalação de ambulatório contribuiria para o atendimento da demanda por cirurgias de baixa complexidade

| ACidadeON/São Carlos -

Vereadora apresentou a reivindicação ao governador João Doria em evento em Araraquara. Foto: Divulgação
A vereadora Cidinha do Oncológico (PP) reiterou às autoridades estaduais nesta quinta-feira (16) em Araraquara (SP), a reivindicação de São Carlos (SP) para que seja implantado na cidade um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Cirúrgico.

A parlamentar reforçou a necessidade da obra ao se encontrar com o governador João Doria (PSDB) e em conversa com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, que informou que comunicará a vereadora quando houver deliberação definitiva sobre a instalação do AME.

"Acredito que seja apenas uma questão de tempo para que essa conquista seja uma realidade", disse. "É uma necessidade e uma reivindicação muito justa de nosso município".

O governador e o secretário prestigiaram, em Araraquara, a solenidade de lançamento da pedra fundamental do acesso ferroviário e ampliação da planta industrial de uma empresa de implementos, no bairro Cidade Jardim.

Sobre a implantação do AME Cirúrgico em São Carlos, Cidinha ponderou que, cumpridos todos os trâmites, o processo referente ao assunto aguarda a manifestação final do governo. Ela renovou o apelo encaminhado em julho passado ao governador e ao secretário, quando Vinholi esteve em São Carlos acompanhando o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB), que tratou da criação da Aglomeração Urbana Central.

A parlamentar destacou que o AME Cirúrgico irá contribuir em muito para a redução da fila da demanda reprimida de cirurgias de baixa complexidade e exames na cidade e região. Cidinha estima que a unidade representará um atendimento em média de 8.000 consultas/exames e pelo menos 160 procedimentos cirúrgicos de baixa complexidade. Para a realização da obra, o município já disponibilizou ao Estado um terreno de 5.000 m², localizado na zona norte da cidade.

Mais notícias


Publicidade