Publicidade

politica

Câmara derruba veto a projeto que cria brigada municipal de incêndio em São Carlos

Com a promulgação da lei, prefeitura terá que contratar uma empresa para fazer trabalho preventivo em áreas que oferecem risco de incêndio.

| ACidadeON/São Carlos -

Autor do projeto, o vereador Tiago Parelli (PP) fala na tribuna da Câmara Municipal. Foto: ACidade ON São Carlos

A Câmara de São Carlos (SP) derrubou o veto do prefeito Airton Garcia (PSL) ao projeto de lei que busca criar a Brigada Municipal "Os Falcões" de Prevenção, Controle e Combate às Queimadas e Pequenos Incêndios Florestais em São Carlos (SP). Proposta havia sido aprovada pela Câmara Municipal em setembro.  

A prefeitura justificou o veto dizendo que houve vício de iniciativa do vereador Tiago Parelli (PP), autor do PL, porque "a matéria em questão se encontra sob a reserva da administração, bem como trará dissabores ou ainda prejuízos para a Administração Municipal".  

O parecer da Comissão de Legislação, Justiça, Redação e Legislação Participativa da Câmara Municipal, no entanto, foi pela derrubada do veto.   

Com a rejeição, a lei do vereador Tiago Parelli será promulgada e entrará em vigor.

PROPOSTA  

De acordo com o PL, a brigada de incêndio será instituída por uma empresa contratada por meio de licitação, com o objetivo de fazer um trabalho preventivo nas áreas que oferecem risco de incêndio no período de estiagem. Além de proteger os 16 parques verdes da cidade de São Carlos. 

"Vimos aqui a oportunidade de fazer algo concreto para a população com poucos recursos, sendo que a principal ideia deste projeto de lei é aproveitar as inúmeras empresas que operam no setor de áreas verdes na cidade de são Carlos", explicou o vereador Tiago Parelli.

Mais notícias


Publicidade