Publicidade

politica

Novo projeto para instituir passaporte vacinal divide vereadores em São Carlos

Autor de projeto rejeitado em 2021, Azuaite segue defendendo passaporte. Presidente da Comissão de Saúde, Lucão Fernandes diz ter dúvidas sobre a proposta.

| ACidadeON/São Carlos -

Lucão Fernandes (MDB) e Azuaite Martins de França (Cidadania). Foto: Arquivo/ Montagem
 

Autor de um projeto de lei rejeitado para instituir o passaporte da vacina em São Carlos (SP), o vereador Azuaite Martins de França (Cidadania) comemorou a possibilidade de a prefeitura enviar uma proposta para ser analisada na Câmara Municipal. Presidente da Comissão de Saúde tem dúvidas sobre a medida (veja abaixo).

"Se a prefeitura apresenta um projeto, eu já me sinto vitorioso, porque eu abri essa discussão (...). Eles vão ter em mim o principal defensor dessa proposta", afirmou França.

Em entrevista ao ACidade ON, o chefe do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus, Luis Antônio Panone, afirmou estar aguardando o pronunciamento do Comitê Científico sobre o tema para ver com a Procuradoria Jurídica a necessidade de encaminhamento de um projeto de lei para a Câmara.

Questionado sobre a possibilidade de um novo projeto para instituir o passaporte vacinal ser aprovado pela maioria dos vereadores, o Azuaite Martins de França disse o Executivo terá que mostrar articulação com o Legislativo. "Se a prefeitura tem um arco de alianças bem grande na Câmara Municipal. Se ela avalia que vai contar com o arrependimento ou a reflexão dos vereadores que votaram contra em um próximo momento, ótimo. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer".

DADOS INCOMPLETOS

O vereador também disse que o número de pessoas infectadas pela Covid-19 que é divulgado é apenas parcial, e que o total de pessoas contaminadas acaba sendo muito maior. "Aqui em São Carlos, nós trabalhamos com dados das pessoas que procuraram fazer o teste. E os que não foram testados? E os assintomáticos?", questionou.

"Então, nós temos uma população muito grande de pessoas contaminadas pelo Covid. Muito mais do que a gente imagina. Consequentemente, os cuidados têm que ser redobrados, triplicados", complementou o parlamentar.

PASSAPORTE JÁ É OBRIGATÓRIO NO CPP

Também vice-presidente do Centro do Professorado Paulista (CPP), Azuaite explicou que o passaporte vacinal já é obrigatório nas unidades do CPP em todo o estado. "Nas nossas instalações, seja em São Carlos, ou em colônias de férias, no estado todo, existe a obrigatoriedade de se apresentar o passaporte da vacina para poder adentrar", disse.

Por fim, o parlamentar afirmou que "professor é alguém que trabalha com ciência, trabalha com educação, então não cabe pensar que um professor seja negacionista".

PRESIDENTE DA COMISSÃO DE SAÚDE EM DÚVIDA

O vereador Lucão Fernandes (MDB), que é o presidente da Comissão de Saúde da Câmara, disse tem dúvidas sobre a adoção da medida na cidade. "Eu preciso pensar no impacto do meu posicionamento e qual o transtorno que eu posso trazer na vida das pessoas. Obrigar bares e restaurantes, por exemplo, a exigir o passaporte, será que a gente não vai trazer um impacto negativo para eles?", questionou.

Para o parlamentar, o assunto precisa ser muito bem discutido antes de ir para votação em plenário, o que não aconteceu com o projeto de autoria do vereador Azuaite Martins de França.

Fernandes explicou que aguardava a chegada do projeto para ser analisado pela Comissão de Saúde, mas ele acabou entrando de urgência para votação, prejudicando o trabalho. "Infelizmente, esse projeto acabou não chegando na nossa comissão, foi trazido de urgência ao plenário da Câmara, porque estava terminando o ano, e acabou não sendo aprovado", afirmou.

Por fim, o vereador do MDB disse que é um projeto muito polêmico, que terá que passar novamente pelas comissões da Câmara, e enfatizou: "Eu ainda tenho minhas dúvidas se esse seria o melhor medicamento para a gente usar neste momento, aprovando talvez o passaporte (...). É um assunto que a gente precisa discutir". 

Leia mais sobre o tema:  

Câmara rejeita projeto do passaporte da vacina para São Carlos 

Discussão do passaporte vacinal está nas mãos do Comitê Científico, diz Panone

Publicidade