Publicidade

politica

Câmara repercute pedido de demissão de secretária de Saúde de São Carlos

Denise Mello Martins pediu demissão após um mês no cargo; vereadores demonstram preocupação se cidade ficar muito tempo sem novo titular

| ACidadeON/São Carlos -

Secretária Denise Mello, ao lado do prefeito Airton Garcia. Foto: Divulgação/PMSC
O pedido de demissão da secretária de Saúde, Denise Mello Martins, gerou as primeiras repercussões na Câmara Municipal já no momento em que foi revelado pelos vereadores Paraná Filho (PSB) e Lucão Fernandes (MDB). Em sessão ordinária na terça-feira (21), os parlamentares fizeram os primeiros comentários sobre o ocorrido.

O vereador do PSB dirigiu duras críticas à gestora e sugeriu que ela fizesse as malas e viajasse.

"Vamos ver quem é o próximo que vão colocar aí. Por que se for ser uma secretária que não serve para absolutamente nada, sai", dispara. 
 
LEIA MAIS  
Secretária de Saúde pede demissão, afirmam vereadores
Vereadores pressionam por revisão do Plano Diretor de São Carlos  
Câmara de São Carlos aprova diretrizes de Orçamento bilionário para 2023


O parlamentar afirmou ainda que Denise "demorou um pouco para entender o jogo [na Prefeitura]". "Você descobriu tarde". Paraná Filho ocupou cargo de secretário da Agricultura entre março de 2019 e setembro de 2021.

"Acho que pelo menos você não está saindo com improbidade administrativa, espero", completou.

Djalma Nery (PSOL) disse que recebeu com "muita surpresa e tristeza" a notícia do pedido de demissão de Denise. Para ele, São Carlos ficará nova temporada sem secretário de Saúde, o que pode piorar o relacionamento entre Executivo e Legislativo.

"A gente não sabe mais com quem falar e enquanto isso quem paga a conta do caos, para variar, é a população. Eu espero que a Prefeitura resolva isso mais rápido possível. Não dá para ficar novamente 45 dias sem secretário, secretária", comentou.

O presidente da Comissão da Saúde da Câmara, Lucão Fernandes (MDB), disse que o município terá "problemas seríssimos" na Saúde.

"Nós passamos por essa dificuldade de não ter uma pessoa que possa responder por essa pasta", lamentou. 
 
Entenda a saída 
O pedido de demissão de Denise Mello Martins foi tornado público em sessão ordinária na Câmara Municipal ontem. Fontes da Prefeitura confirmaram que a secretária pediu demissão, mas a saída não foi concretizada. A oficialização depende de anuência do prefeito Airton Garcia (UB), trâmite burocrático e publicação em Diário Oficial. Caso haja a confirmação da demissão, a expectativa é que ofício seja impresso na edição de quinta-feira (22) da publicação.

70 dias sem titular
São Carlos ficou 70 dias sem comando na pasta da Saúde, a dona do principal orçamento dentro da administração municipal e de especial importância durante a pandemia de Covid-19.

Em termos proporcionais, São Carlos ficou 40,6% dos dias de 2022 sem secretário respondendo pela pasta.

A crise na Saúde se agravou com a saída de Marcos Palermo em 11 de março, após mais de cinco anos no cargo. A demissão do então titular foi traumática, com críticas do ex-gestor à supostas ingerências em sua secretaria.

Na época da demissão, a administração de Airton Garcia (UB) chegou a sondar nomes como o Wander Bonelli, que ocupa o mesmo cargo em Descalvado. A negociação esbarrou no fato de Bonelli ser funcionário público concursado no município vizinho e depender de liberação da gestão para se afastar do posto.

Em paralelo, novo nome surgiu no páreo, o de Edson Eduardo Pramparo. Seu currículo chegou a ser apresentado no mesmo dia da demissão de Palermo para vereadores, que elogiaram a experiência do gestor hospitalar. Entretanto, a nomeação subiu no telhado.

Enquanto a secretaria estava sem secretário, Jôra Porfírio, chefe de gabinete da pasta e número dois da Saúde, respondia pelo expediente.

Passados 70 dias, a administração municipal apresentou uma solução tida como caseira para substituir Palermo. A cirurgiã dentista Denise Mello Martins foi anunciada a nova titular da Saúde em curta nota à imprensa.

Há 32 anos na Prefeitura, a profissional foi chefe das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e também passou pela assessoria técnica da Saúde e pelo Departamento de Gestão do Cuidado Ambulatorial. 
 
VEJA TAMBÉM  
Rede de fast food inaugura quarta unidade em São Carlos  
Entenda o aumento de até 64% nos valores das bandeiras tarifárias  
Confira vagas de emprego disponíveis em São Carlos

Publicidade