Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Vereadores 'bolsonaristas' não são eleitos em São Carlos

Leandro Guerreiro (Patriota) disse que não será mais candidato a prefeito; Moisés Lazarine (PSL) culpou o partido pela não reeleição; confira

| ACidadeON/São Carlos

 

Leandro Guerreiro não conseguiu ser eleito prefeito, já Moisés Lazarine não foi reeleito vereador.

Dois vereadores 'bolsonaristas' de São Carlos não foram eleitos nas Eleições 2020. O vereador Leandro Guerreiro (Patriota), eleito na base do Airton Garcia (PSL) em 2016, abandonou o 'padrinho' e saiu como candidato a prefeito.  

O político recebeu 4.416 votos (3,96%) e foi apenas o sexto mais bem votado, sendo derrotado pelo atual prefeito, que recebeu 54.573 votos (48,88%).  

Na sessão de terça-feira (17), Leandro agradeceu os eleitores pelos votos. "As pessoas me responderam na urna que queriam me ver como vereador e não como prefeito, e eu respeito isso aí. Para mim foi um aprendizado muito importante", afirmou.  

Além disso, também afirmou que não será mais candidato a prefeito. "Com essa lição que a população me dá na urna, pode ter certeza que eu nem vou querer tentar mais ser candidato a prefeito. O povo quer me ver como fiscal, quer me ver cobrando o poder público. Então o Leandro Guerreiro vai se dedicar no parlamento. "  

O vereador Moisés Lazarine (PSL), que recebeu 886 votos, 323 a menos do que quando foi eleito em 2016, colocou a culpa pela não reeleição no partido. "O meu partido, o fator principal dele não eleger três vereadores foi pelo fato de sair só com 22 candidatos e não com 32, o que aconteceu com a maioria dos partidos. A maior parte dos partidos lançou 32 candidatos, os que não lançaram 32 candidatos, a maioria deles não fez. Quem não saiu com a chapa completa, no linguajar político, não fez nem dois vereadores. Então o principal fator eu reputo isso, porque com 120 votos a mais eu teria sido eleito", afirmou.  

O parlamentar, que contou com o apoio da Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ficou como primeiro suplente do PSL e acredita que poderá voltar para a Câmara Municipal em breve. "Por ter permanecido leal ao grupo do atual prefeito, a eleição do Airton, até o último minuto, eu tenho grande possibilidade de estar participando do atual governo. "

"Existe um ruído também, nos bastidores políticos, de um dos vereadores do meu partido ocupar uma vaga de secretário. Isso me tornaria vereador com mandato, porque eu sou o primeiro suplente. Eu posso até citar o nome dele, é o vereador Paraná Filho, antes mesmo da eleição ele já tinha falado para mim que estaria ocupando um cargo de secretário", complementou Lazarine. 

Questionado sobre a afirmação do colega de partido, Paraná Filho (PSL) disse que sua prioridade neste momento é disputar a Presidência da Câmara Municipal de São Carlos. Além disso, afirmou que a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento está muito bem representada por Caio Solci.  

Leia mais:  

Veja a lista dos 21 vereadores eleitos em São Carlos  

- Airton Garcia é reeleito prefeito de São Carlos 

- Airton Garcia (PSL) é o prefeito eleito mais rico do Brasil




Mais do ACidade ON