18 de abril de 2024
- Publicidade -
Tudo Saúde

Epidermólise Bolhosa: o que é essa doença da influenciadora Dai Cruz?

Influenciadora Dai Cruz compartilhava nas redes sociais a rotina com a doença e teve morte confirmada neste final de semana

Influencer Dai Cruz foi vítima da doença Epidermólise Bolhosa
Influencer Dai Cruz foi vítima da doença Epidermólise Bolhosa (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

No último sábado (24), a equipe de Daiane Cruz confirmou a morte da influenciadora por causa da doença epidermólise bolhosa. Ela tinha 31 anos, somava mais de 2 milhões de seguidores e compartilhava a rotina com a doença na pele. As postagens eram feitas com bom-humor e variavam com diversos assuntos relacionados à epidermólise.

O que é Epidermólise Bolhosa?

A epidermólise bolhosa é uma doença hereditária e genética rara. De acordo com o Ministério da Saúde, essa condição forma bolhas na pele já no nascimento e acontece por conta de atritos ou traumas.

As crianças com a doença são conhecidas como “Crianças Borboletas”, pois, segundo o Ministério, a pele fica semelhante às formas da asa de uma borboleta. A fragilidade é causada pela alteração nas proteínas responsáveis pela união das camadas da pele.

LEIA TAMBÉM
Cartilha de Desenvolvimento auxilia na identificação de atrasos na infância
Por que o calor piora as crises de enxaqueca?

“A Epidermólise Bolhosa afeta tanto homens quanto mulheres e pode acontecer em todas as etnias e faixas etárias”,

afirma o Ministério.

Quais são os tipos de Epidermólise Bolhosa?

De acordo com o Ministério da Saúde, há mais de 30 tipos de Epidermólise Bolhosa, mas há quatro considerados como “principais”. Eles são:

  • Epidermólise Bolhosa Simples: quando a formação da bolha é superficial e não deixa cicatrizes;
  • Epidermólise Bolhosa Juncional: quando as bolhas são profundas, acometem a maior parte da superfície corporal e o óbito pode ocorrer antes do primeiro ano de vida;
  • Epidermólise Bolhosa Distrófica: quando as bolhas também são profundas e muitas vezes leva à perda da função do membro;
  • Síndrome de Kindler: essa é uma mistura das outras formas anteriores e a bolha se forma entre a epiderme e a derme.

No Brasil, de acordo com a Associação DEBRA, há aproximadamente 802 pessoas diagnosticadas com a doença.

Existe cura para Epidermólise Bolhosa?

A Epidermólise Bolhosa não tem cura, mas com acompanhamento médico, o paciente pode levar uma vida com menos sofrimento. Além disso, o SUS (Sistema Único de Saúde) oferece curativos especiais para as feridas da doença.

LEIA MAIS
Mohammad Shtayyeh: por que o primeiro-ministro da Palestina renunciou?

- Publicidade -
Anthony Souza

editor
É jornalista e analista de Mídias Digitais Jr. do Grupo EP. Tem experiência com reportagens multimídia e produção de web documentário. É formado em jornalismo pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e tem afinidade com produção e edição de conteúdo para as redes sociais. Está no grupo desde 2022.
- Publicidade -
plugins premium WordPress