23 de julho de 2024
- Publicidade -
Tudo Saúde

Qual a chance de um transplante de rim dar certo?

Procedimento é realizado quando é necessário a substituição de um rim doente com danos graves por um órgão saudável

Procedimento é realizado quando é necessário a substituição de um rim doente com danos graves por um órgão saudável. (Foto: Freepik)

O transplante renal é feito quando há a necessidade de substituir um rim doente por um saudável. Este procedimento é realizado em pessoas com doenças renais avançadas, quando os danos do rim são irreversíveis.

Para o transplante ser feito, é preciso que o doador seja compatível. Para isso, são executados exames de sangue, além da tipagem do antígeno leucocitário humano (HLA). Apesar disso, não é necessário que o doador seja relacionado ao paciente.

LEIA TAMBÉM

Quais alimentos contribuem para a saúde dos lábios?

O que é rim policístico?

Qual a chance de um transplante de rim dar certo?

Como toda cirurgia, existem ricos de complicações. A principal é a rejeição renal, que se trata da resposta natural do corpo à presença de um objeto estranho. As chances de rejeição renal são de 10% e podem ocorrer minutos ou até três meses após o transplante.

Os principais sintomas de que o procedimento não deu certo são:

  • Febre;
  • Ausência da produção de urina;
  • Dor no local do transplante;
  • Cansaço excessivo;
  • Inchaço;
  • Pressão alta;
  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Calafrios.

Ao se notar algum destes sintomas, é imediatamente necessária uma cirurgia para remover o novo rim.

- Publicidade -

Quando se deve tomar a vacina de coqueluche?

Compartilhe:
Avatar
Estagiária no Tudo EP e a A Cidade ON, é graduanda em Produção Audiovisual pela ESAMC. Adentrou no Grupo EP em 2023 e atua nos conteúdos digitais, enfaticamente com a parte textual.
- Publicidade -
plugins premium WordPress