Aguarde...

O que esperar da partida entre Ferroviária e Portuguesa-RJ

mesmo que seja favorita para o confronto, a Ferroviária não deve encontrar vida fácil contra a boa Portuguesa-RJ

| ACidadeON/Araraquara

Já classificada, a Ferroviária enfrenta a Portuguesa-RJ na penúltima rodada da Série D. (Jonatan Dutra/Ferroviária SA)
A Portuguesa-RJ, adversária da Ferroviária no jogo de hoje (21), é um exemplo do descompasso que pode existir entre desempenho e resultado. Enquanto, dentro de campo, o time está entre os melhores do grupo 7, na tabela de classificação, a Lusa da Ilha do Governador ainda briga para se manter na quarta colocação e avançar para a próxima fase. Por isso, vencer o jogo de logo mais contra a Locomotiva é fundamental para que a equipe carioca chegue na última rodada da primeira fase sem depender de ninguém para se classificar.   

Em relação à partida disputada no primeiro turno, na Fonte Luminosa, com o placar final de 1 a 1, as duas equipes passaram por mudanças no comando técnico. Como já sabemos, na Ferroviária, Dado Cavalcanti foi demitido e Paulo Roberto Santos chegou para o seu lugar. Na Portuguesa-RJ, Rogério Corrêa deixou o clube para assumir o Artsul, da segunda divisão do Campeonato Carioca, e Felipe Surian, que estava no Uberlândia e foi campeão da Série D com o Volta Redonda, em 2016, foi contratado.

Consequentemente, a Portuguesa-RJ também passou por adaptações em seu estilo de jogo. A saída de bola com três jogadores se mantém, com o volante Muniz entrando na linha dos zagueiros Dilsinho e Marcão, contudo, a equipe deixou de recompor seu sistema defensivo com cinco jogadores. Além disso, o time continua posicionando seus laterais, Watson pela direita e Alan Pires pela esquerda, à frente no campo de ataque, com os atacantes Chay, André Silva e Douglas Eskilo flutuando por dentro, enquanto Adriano joga como centroavante. Entretanto, com Felipe Surian, os atacantes da Lusa possuem maior liberdade para se movimentar em função da bola, abandonado o ataque posicional de Rogério Corrêa.

No mais, o volante Mauro Silva, responsável por ligar o meio-campo ao ataque, é um dos destaques do time, assim como o experiente Adriano que, com nove gols na competição, disputa a artilharia da Série D que, atualmente, é de Thiago Marques, com dez tentos anotados. 

Assim, a Portuguesa-RJ deve ir a campo com: Victor Almeida; Watson, Dilsinho, Marcão e Alan Pires; Muniz (Henrique Silva) e Mauro Silva; Chay, Douglas Eskillo e André Silva; Adriano.  

Do lado afeano, com o time já classificado, a partida de hoje servirá para que a Locomotiva tente dar um passo ainda maior para se manter na primeira colocação do grupo. Além do mais, Paulo Roberto pode aproveitar a oportunidade para mudar o time e testar novas alternativas já visando o mata-mata.

Para a partida, a Ferroviária contará com os retornos de Lucas Mendes, que estava suspenso, e Hygor, que se recuperou de lesão. Entretanto, Branquinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o FC Cascavel, é desfalque junto com Sandoval, Dener, Will Viana e Bruno Mezenga, que estão lesionados. No mais, o meio-campista Emerson Santos, décimo terceiro reforço contratado junto ao São Caetano, poderá estrear com a camisa grená.

Desse modo, a Ferroviária deve ir a campo com: Saulo; Lucas Mendes, Matheus Salustiano, Max e Arthur Henrique (Bruno Recife); Nando Carandina, Tony e Pio (Dudu Vieira ou Everton Dias); Fellipe Matheus (Anderson Rosa), Fernandinho (Hygor) e Tiago Marques.
 

Transmissão: a partida será transmitida pela CBN Araraqura (95.7), a partir ds 14h30. A bola rola às 15h. 

Mais do ACidade ON